quarta-feira, 18 de novembro de 2020

MARIA POMPEU - UMA GRANDE DAMA DO TEATRO CARIOCA


Maria Pompeu  nasceu no Rio de Janeiro, no dia 27 de Outubro de 1936. Filha única, perdeu seu pai aos sete anos de idade, vítima de tuberculose. A mãe assumiu a criação da filha, sustentando a casa como modista.

A paixão pelo teatro foi descoberta quase por acaso, na infância, em aulas de Paschoal Carlos Magno no Teatro Duse. Na adolescência, teve que encarar a resistência da mãe para continuar atuando: trabalhou em um banco para pagar o curso na Federação Brasileira de Teatro, onde teve aulas com Dulcina de Moraes e Henriette Morineau.

Em 1955, estreou profissionalmente nos palcos na peça Diálogo das Carmelitas. Em 1958, integrou o elenco do Teatro Brasileiro de Comédia (TBC)  em sua temporada carioca. Atuou em todas as Cias de teatro do Rio e também produziu vários espetáculos teatrais

A televisão entrou em sua vida em 1959, atuando em teleteatros e programas da TV Tupi do Rio. Dessa fase se destaca sua participação no Teatrinho Troll, programa criado pelo veterano diretor e ator Fábio Sabag.  Foi nos bastidores da TV Tupi que surgiu a oportunidade que acabou dando um rumo inesperado à sua carreira: Foi convidada para integrar o elenco de Doze Biquínis, espetáculo que reunia beldades no palco da boate Night and Day.  A partir dessa experiência, surgiram outros trabalhos em shows: trabalhou com Carlos Machado em Elas Atacam pelo Telefone, na boate Fred’s, e acabou sendo uma das “Certinhas do Lalau” no ano de 1963, escolhida pelo cronista Stanislaw Ponte Preta, pseudômino do jornalista  Sergio Porto.

A estréia no cinema foi em 1959 no filme Amor para Três, tendo atuado ao longo da carreira em mais de 30 filmes.

Em 1968 foi contratada pela TV Globo para atuar na novela A Grande Mentira. Na emissora integrou o elenco de dezenas de novelas e teleteatros nas décadas seguintes.

Em 1981, Maria Pompeu assumiu a presidência do Sindicato de Artistas e Técnicos do Rio de Janeiro tendo trabalhado  pela consolidação da regulamentação do ofício do ator. Pelas suas mãos, muitos atores tiveram a oportunidade de iniciar na carreira artística. Também se notabilizou nas coberturas dos carnavais do Rio. No somatório, uma grande personalidade carioca.

Embora não tenha se tornado uma mulher rica, com suas economias  resultado de seus inúmeros trabalhos como atriz e a aposentadoria como funcionária  da Rádio MEC, onde trabalhou como entrevistadora por 24 anos, Maria Pompeu se preparou para uma velhice tranqüila, ocupando seu tempo ministrando aulas, fazendo caminhadas pelo calçadão da Avenida Atlântica onde mora no bairro de Copacabana  e prestigiando eventos artísticos. Aqui um pouco de sua brilhante trajetória. 



Maria Pompeu

Maria Pompeu



Maria Pompeu

Maria Pompeu

Maria Pompeu


Maria Pompeu

Maria Pompeu



Maria Pompeu


Maria Pompeu

Maria Pompeu

Maria Pompeu

Maria Pompeu


Maria Pompeu


Maria Pompeu

Maria Pompeu

CINEMA

Maria Pompeu com Suzana Freyre e Fábio Cardoso no filme Amor Para Três

Maria Pompeu com Geórgia Quental e Shulamith Yaari no filme O Boca de Ouro


Maria Pompeu com Geórgia Quental e Shulamith Yaari no filme O Boca de Ouro


Maria Pompeu com Herval Rossano no filme Quero Essa Mulher Assim Mesmo

Maria Pompeu com Átila Iório no filme Quero Essa Mulher Assim Mesmo

Maria Pompeu com Herval Rossano e Átila Iório no filme Quero Essa Mulher Assim Mesmo

 

Maria Pompeu com Carlos Alberto no filme Crime de Amor

Maria Pompeu com Paulo Silvino no filme O Rei da Pilantragem

Maria Pompeu com Paulo Silvino no filme O Rei da Pilantragem

Maria Pompeu  no filme O Rei da Pilantragem


Maria Pompeu com Cecil Thiré no filme O Diabo Mora no Sangue

Maria Pompeu com Luiz Armando Queiroz no filme O Namorador

Maria Pompeu com José Lewgoy no filme Como é Boa a Nossa Empregada


Maria Pompeu com Stepan Nercessian no filme Como é Boa a Nossa Empregada

Maria Pompeu  no filme Como Ganhar na Loteria sem Perder a Esportiva


TEATRO
Maria Pompeu com Gilda Aguiar e Sonia Gaby na peça O Diálogo das Carmelitas

Maria Pompeu com Antônio Victor, Laura Suarez e Delorges Caminha na peça É de Amor Que se Trata

Maria Pompeu com Adriano Reys e Delorges Caminha na peça É de Amor Que se Trata

Maria Pompeu com Adriano Reys na peça É de Amor Que se Trata

Maria Pompeu com Laura Suarez na peça Loucuras de Mamãe

Maria Pompeu com Myriam Pérsia na peça Loucuras de Mamãe

Maria Pompeu  na peça A Noite de 16 de Janeiro

Maria Pompeu  com Antônio Patiño e Ayres da Gama na peça A Noite de 16 de Janeiro

Maria Pompeu com Francisco Cuoco, Eva Wilma,  Leina  Krespi, John Herbert e Carminha Brandão na peça Boeing Boeing

Maria Pompeu com Francisco Cuoco na peça Boeing Boeing

Maria Pompeu com Francisco Cuoco e John Herbert  na peça Boeing Boeing

Maria Pompeu com Célia Biar e Vanda Lacerda  na peça Quartos Separados

Maria Pompeu com Célia Biar e Paulo Padilha  na peça Quartos Separados

Maria Pompeu com Fúlvio Stefanini e Guilherme Corrêa  na peça Retrato de Madona

Maria Pompeu com Newton Prado na peça Dama de Copas

Maria Pompeu com Rita Cleós  na peça A Raposa e as Uvas

Maria Pompeu com Simon Khoury  na peça O Capeta de Caruaru

Maria Pompeu com José Wilker  na peça O Capeta de Caruaru

Maria Pompeu com Rogério Fróes  na peça Em Família

Maria Pompeu com André Villon e Eva Todor na peça Em Família

Maria Pompeu com Isabel Teresa e Rubens Correa  na peça A Escada

Maria Pompeu com Tamara Taxman, Suely Franco, Otavio Augusto e José Augusto Branco  na peça Toalhas Quentes

Maria Pompeu com Suely Franco, Tamara Taxman,  José Augusto Branco e Otavio Augusto na peça Toalhas Quentes

Maria Pompeu com Marcos Waimberg. Suzana Faini e Pedro Veras na peça Reencontro Drummond Todo Dia

Maria Pompeu com Soili Eich, Jalusa Barcellos, Henri Pagnocelli, Marcos Fayad e Sebastião  Lemos na peça Ato Cultural

Maria Pompeu com Heleno Prestes na peça Transas e Tranças

Maria Pompeu com Bibi Ferreira na peça Piaf

Maria Pompeu com Camilo Bevilacqua na peça Fero-Cidade

Maria Pompeu  na peça Chapeuzinho Vermelho

Maria Pompeu  na peça Dona Violante Miranda

Maria Pompeu com Labanca na peça O Balcão

Maria Pompeu com Arthur Semedo e Liana Duval na peça Amor a Oito Mãos

Maria Pompeu com Otavio Augusto na peça A Grande Zebra

Maria Pompeu com Grande Otelo na peça Shakespeare no Samba

Maria Pompeu com Raul da Matta e Celso Marques na peça Negra Meobem

Maria Pompeu na peça Revolução na América do Sul

Maria Pompeu com Milton Luiz na peça Pirlipatinha e o Quebra-Nozes

Maria Pompeu com Milton Luiz na peça Pirlipatinha e o Quebra-Nozes

Maria Pompeu  na peça A Casa de Bernarda Alba

Maria Pompeu  na peça A Casa de Bernarda Alba

Maria Pompeu  na peça A Casa de Bernarda Alba

Maria Pompeu e Suzana Faini na peça A Casa de Bernarda Alba

Maria Pompeu  com Myriam Pérsia e Renata Fronzi na peça Roleta Paulista

Maria Pompeu com a equipe da peça Roleta Paulista

TELEVISÃO



Maria Pompeu  com Erico de Freitas numa  peça do
programa Teatrinho Troll (TV Tupi-Rio)

Maria Pompeu  com Moacir Deriquém e Erico de Freitas numa  peça do 
programa Teatrinho Troll (TV Tupi-Rio)

Maria Pompeu  com Moacir Deriquém  numa  peça do 
programa Teatrinho Troll (TV Tupi-Rio)

Maria Pompeu  com Norma Blum e Dinorah Marzulo numa  peça do 
programa Teatrinho Troll (TV Tupi-Rio)

Maria Pompeu  numa  peça do programa Teatrinho Troll (TV Tupi-Rio)

Maria Pompeu  no programa A,E, I O, URCA (TV Tupi-Rio)

Maria Pompeu foi a austera Tia Polly na novela Poliana (TV Tupi-Rio)

Maria Pompeu com Fernanda Montenegro no teleteatro 
Tensão em Xangai (TV Tupi-Rio)

Maria Pompeu com Tarcísio Meira na novela Rosa Rebelde (TV Globo, 1968)

Maria Pompeu com Jardel Filho na novela Assim na Terra Como no Céu (TV Globo, 1970)

Maria Pompeu com Jardel Filho na novela Assim na Terra Como no Céu (TV Globo, 1970)

Maria Pompeu com Regina Duarte na novela Nina (TV Globo, 1977)

Maria Pompeu, Emiliano Queiroz, Elza Gomes, Theresa Amayo e Dary Reis  na novela Pecado Capital (TV Globo, 1975)

Maria Pompeu e Betty Faria na novela Pecado Capital (TV Globo, 1975)

Maria Pompeu com Luiz Armando Queiroz e Betty Faria na novela Pecado Capital (TV Globo, 1975)

Maria Pompeu com Emiliano Queiroz e Nestor de Montemar na novela Pecado Capital (TV Globo, 1975)

Maria Pompeu com Nestor de Montemar, Emiliano Queiroz e Lima Duarte na novela Pecado Capital (TV Globo, 1975)

Maria Pompeu com Nestor de Montemar, Emiliano Queiroz e Sandra Barsotti na novela Pecado Capital (TV Globo, 1975)

Maria Pompeu na novela Pecado Capital (TV Globo, 1975)

Maria Pompeu na novela Pecado Capital (TV Globo, 1975)


EVENTOS E AMIGOS

Maria Pompeu coroando Elizangela no carnaval


Maria Pompeu num encontro com os cantores Ângelo Antônio e Erasmo Carlos, o carnavalesco Clóvis Bornay e a atriz e modelo modelo Aizita Nascimento

Maria Pompeu num encontro com os cantores Ângelo Antônio e Erasmo Carlos, o carnavalesco Clóvis Bornay e a atriz e modelo Aizita Nascimento

Maria Pompeu com um grande amigo: o ator e jornalista Carlos Aquino


Maria Pompeu entrevistando o grande poeta Vinícus de Moraes para a Rádio MEC

Maria Pompeu com o grande jornalista e ator Simon Khoury

Maria Pompeu conta sua história numa deliciosa entrevista a Simon Khoury para a série Bastidores 



Fotos - acervo pessoal de Maria Pompeu, acervo de Orias Elias - revistas Amiga (Bloch Editores), Contigo (Editora Abril), Sétimo Céu (Bloch Editores), Romântica (Editora Vecchi), Melodias (Editora APA), Manchete (Bloch Editores), Cartaz (Rio Gráfica e Editora SA), Intervalo (Editora Abril), Ilusão (Editora Abril), O Cruzeiro (Diários Associados), Jornais Diário de São Paulo, Folha de São Paulo, Imprensa Oficial, Blog REVISTA AMIGA & NOVELAS (Césio Gaudereto), site TV Globo, Site Canal Viva, Cedoc (TV Globo), Banco de Conteúdos Culturais (www.bcc.org.br), Cedoc FUNARTE, sites diversos da Internet