quarta-feira, 5 de setembro de 2018

SADI CABRAL - COADJUVANTE DE OURO



Sadi Sousa Leite Cabral nasceu em Maceió (AL) no dia  10 de setembro de 1906. Em 1923, aos 17 anos, já morando no Rio de Janeiro, começou sua carreira no teatro, nas companhias de Lucília Pérez, depois na de Leopoldo Fróis e, então, na de Abigail Maia, na qual estreou profissionalmente, em 1924, na peça Secretário de Sua Excelência.

Entre os anos 1930 e 1936, Sadi Cabral  trabalhou no rádio, participando do legendário Programa Casé, que tinha quadros de radionovela, histórias policiais, mini musicais e quadros de humor, nos quais  Cabral atuava e também adaptava clássicos da literatura brasileira.

Na música, fez a primeira composição em 1938, em parceria com Custódio Mesquita, com quem trabalhou como letrista em composições como e Mulher, Velho Realejo, O Pião e  Bonequinha,  grandes sucessos na voz dos grandes cantores da época. Também são de sua autoria as canções Sapoti, Cachorro Vagabundo e Ciúmes em parceria com Davi Raw.

No cinema, onde atuou em mais de 50 filmes, começou em 1936, no filme Bonequinha de Seda, sob a direção de Oduvaldo Vianna.  No seu currículo integram produções como Inconfidência Mineira, A Escrava Isaura, O Pecado de Nina, Rio 40 graus, Mãos Sangrentas, Cinco Vezes Favela, Lampião, o Rei do Cangaço, Chuvas de Verão e Perdoa-me por Me Traíres.

Em 1956, tomou parte do elenco do TBC em São Paulo,  ao lado da legendária Cacilda Becker, atuando em Eurydice, de Jean Anouilh, sob a direção de Gianni Ratto, trabalho que lhe rendeu o Prêmio Saci do jornal O Estado de S. Paulo. Do TBC, foi para o Teatro de Arena e teve passagens pela Cia Maria Della Costa, Teatro Oficina e Cia Tonia-Celli-Autran. Nessa trajetória atuou sob as direção de diretores consagrados como Augusto Boal, Adolfo Celli, Flávio Rangel e José Celso Martinez Correa, Amir Haddad, Ademar Guerra e Ivan de Albuquerque.

Em 1958, recebeu o Prêmio Governador do Estado de São Paulo e a Medalha de Ouro da Associação Paulista de Críticos Teatrais por suas atuações na peças  A Alma Boa de Set-Suan, de Bertolt Brecht e  A Cantora Careca, de Eugène Ionesco.

Na televisão, Sadi Cabral estreou nos anos 1950 nos teleteatros da TV Tupi. Sua primeira telenovela foi  Paixão Proibida, em 1967, na TV Tupi.  Em 1970, na TV Globo, ficou nacionalmente conhecido por sua participação em Minha Doce Namorada, vivendo o inesquecível  Seu Pepê. Em 1972 um novo sucesso: O Primeiro Amor e em  1976, depois de mais uma temporada na TV Tupi, foi um dos destaques de Duas Vidas, de Janete Clair.  No início dos anos 1980 atuou em produções da TV Cultura de São Paulo. Sua última novela foi  Maçã do Amor, em 1983, na TV Bandeirantes.

Sadi Cabral morreu em São Paulo no dia  23 de novembro de 1986, aos 80 anos, vitima de  uma parada cardíaca.




                                              
                                                                 Sadi Cabral


Sadi Cabral

Sadi Cabral

Sadi Cabral

Sadi Cabral

Sadi Cabral

Sadi Cabral com Elza Gomes

Sadi Cabral com os atores Francisco di Franco e Lídia Mattos

Sadi Cabral no filme Inocência

Sadi Cabral com Jece Valadão no filme Paraiba, Vida e Morte de um Bandido (1966)

Sadi Cabral  no filme Seara Vermelha

Sadi Cabral  no filme Seara Vermelha

Sadi Cabral  no filme Seara Vermelha

Sadi Cabral  com Dionísio Azevedo no filme O Dia em Que o Santo Pecou

Sadi Cabral  com Lima Duarte no filme O Menino Arco-Iris

Sadi Cabral  com Lidia Brondi no filme Perdoa-me Por me Traíres

Sadi Cabral  no filme Os Sete Gatinhos

Sadi Cabral com Gianfrancesco Guarnieri na peça Só o Faraó Tem Alma (1956)

Sadi Cabral com Ziembinski, Isabel Teresa e Maria Sampaio na peça Círculo Vicioso

Sadi Cabral com Berta Zemel na peça Henrique IV

Sadi Cabral  com Berta Zemel e Monah Delacy na peça O Quinto Mandamento

Sadi Cabral com Francisco Cuoco, Nicete Bruno e Nívea Maria em Sangue do Meu Sangue (TV Excélsior, 1968), novela de Vicente Sesso

Sadi Cabral com Francisco Cuoco em Sangue do Meu Sangue 

Sadi Cabral com Francisco Cuoco em Sangue do Meu Sangue 

Sadi Cabral com  Nicete Bruno em Sangue do Meu Sangue 

Sadi Cabral com  Nicete Bruno em Sangue do Meu Sangue 

Sadi Cabral com Regina Duarte e Célia Biar em Minha Doce Namorada (TV Globo, 1971), novela de Vicente Sesso

Sadi Cabral com Regina Duarte e Célia Biar em Minha Doce Namorada 

Sadi Cabral com Regina Duarte em Minha Doce Namorada 
Sadi Cabral com Regina Duarte em Minha Doce Namorada 

Sadi Cabral com Regina Duarte e Célia Biar em Minha Doce Namorada 

Sadi Cabral com Regina Duarte e Célia Biar em Minha Doce Namorada 

Sadi Cabral com Célia Biar em Minha Doce Namorada 


Sadi Cabral com Mário Lago em Minha Doce Namorada 

Sadi Cabral com Célia Biar em Minha Doce Namorada 

Sadi Cabral com Regina Duarte e Célia Biar em Minha Doce Namorada 

Sadi Cabral com Elza Gomes em O Primeiro Amor (TV Globo, 1972), novela de Walther Negrão

Sadi Cabral com Elza Gomes em O Primeiro Amor 

Sadi Cabral com Elza Gomes em O Primeiro Amor 

Sadi Cabral com Elza Gomes em O Primeiro Amor 

Adicionar legenda

Sadi Cabral com Elza Gomes, Aracy Balabanian e Roberto Pirillo em O Primeiro Amor 

Sadi Cabral com Nívea Maria e Marcos Nanini em O Primeiro Amor 

Sadi Cabral com Elza Gomes, Leonardo Villar  e Aracy Balabanian em O Primeiro Amor 

Sadi Cabral com Nívea Maria em O Primeiro Amor 

Sadi Cabral com o elenco de O Primeiro Amor 

Sadi Cabral com Renata Sorrah, Roberto Pirillo e Elza Gomes em O Primeiro Amor 

Sadi Cabral com Elza Gomes em O Primeiro Amor 

Sadi Cabral com Elza Gomes e Nívea Maria em O Primeiro Amor 

Sadi Cabral com José Chaia, Lady Francisco e Roberto Frota em Jerônimo, o Herói do Sertão (TV Tupi, 1972), novela de Moysés Weltman

Sadi Cabral com Lady Francisco em Jerônimo, o Herói do Sertão

Sadi Cabral com Bete Mendes e Ênio Carvalho em A Divinas e... Maravilhosas (TV Tupi, 1973), novela de Vicente Sesso

Sadi Cabral com Ênio Carvalho e Bárbara Bruno em A Divinas e... Maravilhosas 

Sadi Cabral com Douglas Mazzola em O Velho, o Menino e o Burro (TV Tupi, 1975), novela de Carmem Lidia

Sadi Cabral com Douglas Mazzola em O Velho, o Menino e o Burro

Sadi Cabral com o elenco mirim de O Velho, o Menino e o Burro

Sadi Cabral com Jonas Melo e Laura Cardoso em Os Apóstolos de Judas (TV Tupi, 1976), novela de Geraldo Vietri

Sadi Cabral com Glória Nascimento em Os Apóstolos de Judas

Sadi Cabral com Luis Gustavo em Duas Vidas (TV Globo, 1976), novela de Janete Clair

Sadi Cabral com o menino Carlos Poyart em Duas Vidas 

Sadi Cabral com Luis Gustavo em Duas Vidas 

Sadi Cabral  em Duas Vidas 

Sadi Cabral com Oswaldo Loureiro, Maria Estela, Eva Wilma e Geraldo Del Rey em Roda de Fogo (TV Tupi, 1978), novela de Sérgio Jockymann

Sadi Cabral com  Wanda Stefânia em Maçã do Amor (TV Bandeirantes, 1983), novela de Wilson Aguiar Filho

Fotos - acervo de Orias Elias - revistas Amiga (Bloch Editores), Contigo (Editora Abril), Sétimo Céu (Bloch Editores), Romântica (Editora Vecchi), Melodias  (Editora APA), Manchete (Bloch Editores), Cartaz (Rio Gráfica e Editora SA), Intervalo (Editora Abril), O Cruzeiro, Jornais Diário de São Paulo, Folha de São Paulo, Imprensa Oficial, Blog TUDO ISSO É TV (Césio Gaudereto), site TV Globo, Site Canal Viva, Cedoc (TV Globo), Banco de Conteudos Culturais (www.bcc.org.br), sites diversos da Internet