sexta-feira, 16 de setembro de 2016

PAULO CÉSAR GRANDE - O ASTRO ATLÉTICO

Paulo César Grande nasceu em Rinópolis (SP) no dia 11 de fevereiro de 1958.
Em 1980, o estudante de engenharia Industrial e jogador profissional de vôlei, também modelo fotográfico nas horas vagas, leu na república de estudantes onde morava, em São Bernardo do Campo, um inusitado anúncio publicado num jornal paulista procurando um ator para uma peça de teatro dirigida por Roberto Vignati, que atendesse a seguinte descrição: “ator louro, atlético, olhos azuis, 1,85 m de altura e bem dotado sexualmente”. Exceto por não ser ator, todos os demais requisitos eram preenchidos pelo rapaz. Incentivado pelos colegas, resolveu arriscar. E assim, sem qualquer formação de ator, ele estreou como um michê na peça Bent, de Martin Sherman, grande sucesso da Broadway, que retratava o drama dos homossexuais na Alemanha nazista. A versão brasileira da peça fez enorme sucesso e recebeu vários prêmios. Entre os comentários sobre a mesma, ninguém deixou de observar a cena em que o jovem ator aparecia em nú frontal.

Do teatro para a televisão foi um pulo, estreando num papel de destaque, como filho da personagem de Beatriz Segall na novela Ninho da Serpente, de Jorge Andrade, na TV Bandeirantes em 1982. Na emissora paulista ele ainda participou da novela O Campeão.

Em 1983 foi contratado pela TV Globo, onde estreou na novela Guerra dos Sexos, grande sucesso de Silvio de Abreu.  Não parou mais, atuando em mais de 20 novelas da emissora, entre elas, sucessos como Cambalacho, Brega e Chique, Tieta, Que Rei Sou Eu?, Barriga de Aluguel, Deus nos Acuda, Quatro por Quatro e Por Amor. Ficou na emissora carioca até 2011, quando se transferiu para a TV Record.  

Além da televisão, atuou também no cinema e no teatro em diversos trabalhos.
É casado com a atriz Claudia Mauro com quem tem 2 filhos.

Aqui um pouco da sua trajetória.


Paulo César Grande

Paulo César Grande

Paulo César Grande

Paulo César Grande

Paulo César Grande

Paulo César Grande

Paulo César Grande

Paulo César Grande

Paulo César Grande

Paulo César Grande

Paulo César Grande

Paulo César Grande

Paulo César Grande

Paulo César Grande

Paulo César Grande

Paulo César Grande

Paulo César Grande
Paulo César Grande


Paulo César Grande
Paulo César Grande

Paulo César Grande

Paulo César Grande

Paulo César Grande

Paulo César Grande

Paulo César Grande

Paulo César Grande


Paulo César Grande
Paulo César Grande como modelo fotográfico em 1981

Paulo César Grande como modelo fotográfico em 1981

Paulo César Grande como modelo fotográfico em 1981
Paulo César Grande (de vermelho) no filme Os Bons Tempos Voltaram

Paulo César Grande (à dir.) no filme Os Bons Tempos Voltaram

Paulo César Grande no programa da peça Bent (1980)

Paulo César Grande com Edwin Luisi na peça Tango, Bolero e Tcha-tcha-tcha
Paulo César Grande desfilando no carnaval do Rio

Paulo César Grande no carnaval do Rio
Paulo César Grande no carnaval 

Paulo César Grande no Programa do Chacrinha

Paulo César Grande no Programa do Chacrinha

Paulo César Grande com Maitê Proença e Edson Celulari no filme Brasa Adormecida

Paulo César Grande com Edson Celulari no filme Brasa Adormecida

Paulo César Grande com Maitê Proença e Edson Celulari no filme Brasa Adormecida
Paulo César Grande com Louise Cardoso no filme Leila Diniz

Paulo César Grande com Selma Egrei em Ninho da Serpente (TV Bandeirantes, 1982), novela de Jorge Andrade

Paulo César Grande com Selma Egrei em Ninho da Serpente

Paulo César Grande com Selma Egrei em Ninho da Serpente

Paulo César Grande com Selma Egrei em Ninho da Serpente

Paulo César Grande com Beatriz Segall em Ninho da Serpente

Paulo César Grande com Alexandre Raymundo em Ninho da Serpente

Paulo César Grande com Flávio Guarnieri em Ninho da Serpente

Paulo César Grande com Raymundo de Souza em Ninho da Serpente

Paulo César Grande, se destacando entre os astros de Ninho da Serpente

Paulo César Grande com Tereza Sodré e Cristina Pereira em Guerra dos Sexos (TV Globo, 1983), novela de Silvio de Abreu

Paulo César Grande com Tereza Sodré em Guerra dos Sexos

Paulo César Grande com Tereza Sodré em Guerra dos Sexos

Paulo César Grande com Tereza Sodré em Guerra dos Sexos
Paulo César Grande com Vera Gimenez e Milton Moraes em Amor com Amor se Paga (TV Globo, 1984), novela de Ivani Ribeiro

Paulo César Grande com Maurício Mattar e Emiliano Queiroz em Cambalacho (TV Globo, 1986), novela de Silvio de Abreu

Paulo César Grande com Maurício Mattar e Emiliano Queiroz em Cambalacho

Paulo César Grande com Regina Casé em Cambalacho

Paulo César Grande com Regina Casé em Cambalacho

Paulo César Grande com Regina Casé em Cambalacho

Paulo César Grande com Suzana Vieira e Cláudio Marzo em Cambalacho

Paulo César Grande com Suzana Vieira em Cambalacho

Paulo César Grande com Suzana Vieira em Cambalacho

Paulo César Grande com Suzana Vieira em Cambalacho
Paulo César Grande com Nívea Maria e Cristina Mullins em Brega e Chique (TV Globo, 1987), novela de Cassiano Gabus Mendes
Paulo César Grande com Nívea Maria e Cristina Mullins em Brega e Chique
Paulo César Grande e Nívea Maria em Brega e Chique

Paulo César Grande e Nívea Maria em Brega e Chique 
Paulo César Grande com Dercy Gonçalves e Lucy Fontes em Coco, My Darling (TV Globo, 1988), teleteatro de Hedy Maia, adaptada da obra Croque Monsier, de Marcel Mithois.

 Chico Tenreiro, Felipe martins, Lucy Fontes e Paulo César Grande em Coco, My Darling 

Paulo César Grande com Yoná Magalhaes em Tieta (TV Globo, 1989), novela de Aguinaldo Silva

Paulo César Grande com Yoná Magalhaes em Tieta
Paulo César Grande com Yoná Magalhaes em Tieta

Paulo César Grande com Tassia Camargo em Tieta

Paulo César Grande com Yoná Magalhaes em Tieta

Paulo César Grande com Edson Celulari, Ítala Nandi e Cinira Camargo em Que Rei Sou Eu? (TV Globo, 1989), novela de Cassiano Gabus Mendes

Paulo César Grande com Edson Celulari, Ítala Nandi e Cinira Camargo em Que Rei Sou Eu?

Paulo César Grande com Stênio Garcia, Edson Celulari e Marcos Breda em Que Rei Sou Eu?

Paulo César Grande com Edson Celulari e Marcos Breda em Que Rei Sou Eu?

Paulo César Grande com Cassia Kiss em Barriga de Aluguel (TV Globo, 1990), novela de Glória Perez

Paulo César Grande com Cassia Kiss em Barriga de Aluguel 

Paulo César Grande

Paulo César Grande

Paulo César Grande

Paulo César Grande


Fotos - acervo de Orias Elias - revistas Amiga (Bloch Editores), Contigo (Editora Abril), Sétimo Céu (Bloch Editores), Romântica (Editora Vecchi), Melodias  (Editora APA), Manchete (Bloch Editores), Blog TUDO ISSO É TV (Césio Gaudereto), site TV Globo, Site Canal Viva, Cedoc (TV Globo), sites diversos da Internet 


16 comentários:

  1. Faz um post pro Carlos Bonow?
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Pierre, o meu acervo é mais dos anos 70 e 80. Tenho poucas fotos do Bonow. Mas estou colocando ele no radar. abs.

      Excluir
  2. Amei!!!! Amo meu ídolo Paulo César Grande ❤

    ResponderExcluir
  3. Nossa, quando vejo as fotos desse homem meu coração ainda bate forte!!
    Esse homem era e é muito lindo, gostoso, sex, meu amor platônico da adolescência.

    ResponderExcluir
  4. Ele era gostoso. Queria que ele me comesse.

    ResponderExcluir
  5. Nossa!! Ele é minha alterna paixão! ! Amo de mais esse homem! !

    ResponderExcluir
  6. Eu sempre achei que ele fosse moreno,louro curtido de sol,sei lá.Eu só sei que sua estampa de macho era das melhores que eu já vi em cena.

    ResponderExcluir
  7. Bem-dotado ele é mesmo.Tem uma cena que foi deletada de ''Os Bons tempos voltaram'' que se vislumbra a dimensão do mastro do astro.

    ResponderExcluir
  8. Alguém não teria fotografia de seu primeiro trabalho no teatro? Eu acho que não,né,deve ser proibido entrar com câmera fotográfica nesse tipo de espetáculo.

    ResponderExcluir
  9. Michael Carvalho Silva6 de novembro de 2018 09:26

    Paulo César Grande era mesmo muito bonito e atraente sem sombra de dúvida, mas para mim os quatro maiores símbolos sexuais brasileiros de todos os tempos são Renato Russo, Mila Moreira, Otávio Muller e Elisa Fernandes pois os quatro além de belíssimos eram extremamente sensuais, apaixonantes, exuberantes e envolventes. As atrizes Márcia Rodrigues e Stephany Brito também são lindas, mas não tão belas e sedutoras quanto esses quatro grandes símbolos sexuais nacionais por mim citados.

    ResponderExcluir
  10. Mila Moreira,minha mãe sempre disse que era a única atriz que não era bonita,gosto estranho do rapaz,Renato Russo,Otavio Muller... Só ficou faltando o Costinha,o Macalé e a Zezé Macedo,rs.

    ResponderExcluir
  11. que gosto tem o Michael hein...😲??? pessoal aqui falando vulgaridades 🙈🙈🙈 Paulo César foi o ator mais bonitão dos anos 80. poderia ter dado uns pegas na Maitê ja que estava no meio hein paulo cesar 😆😆😆 ??? (de repente ..) felicidades

    ResponderExcluir