sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

PATRICIA MAYO A INGÊNUA DA TUPI

Patrícia Mayo nasceu Rosa Maria Rego Monteiro Olegário da Costa no Rio de Janeiro em 6 de dezembro de 1944. Começou sua carreira artística aos 16 anos, na TV Tupi de São Paulo, atuando em teleteatros no programa  TV de Comédia, sob a direção de Geraldo Vietri, sempre interpretando os papéis de mocinha ingênua das peças.

Na TV Tupi, além dos teleteatros, atuou em diversas novelas com destaque para Antônio Maria, em 1968, novela de grande audiência.  Outras novelas em que teve papéis de destaque foram O Pecado de Cada Um, O Mestiço, A Fábrica, As Bruxas e O Rouxinol da Galiléia.

Ficou  TV Tupi até seu fechamento, em 1979, ocasião em que integrava o elenco da novela Como Salvar o Meu Casamento. Durante quase 20 anos esteve afastada da televisão, retornando em  1996 para atuar em Razão de Viver no SBT, onde permanece até hoje. Ao todo atuou em mais de 30 novelas.

Além de televisão também participou de filmes ao lado de Mazzaroppi: Uma Pistola Para Djeca (1969) e  O Grande Xerife (1972).


Patricia Mayo casou-se duas vezes e teve quatro filhos.  Aqui um pouco de sua carreira na televisão.

Patricia Mayo

Patricia Mayo

Patricia Mayo e Laura Cardoso No programa TV de Comédia

Patricia Mayo e Suzana Vieira em 1963, no teleteatro O Diálogo das Carmelitas do programa Grande Teatro Tupi

Patricia Mayo com José Parise, Marisa Sanches, Henrique Martins, Marcos Plonka e Davi José no teleteatro Homens Sem Deus do programa Grande Teatro Tupi

Patricia Mayo com Marcos Plonka em Casa de Bambu, teleteatro do programa TV de Comédia


Patricia Mayo com Amilton Fernandes em O Segredo de Laura (TV Tupi, 1964), novela de Vida Alves

Patricia Mayo com Gian Carlo em O Segredo de Laura

Patricia Mayo com Ana Rosa em O Mestiço (TV Tupi, 1965), novela de Cláudio Petráglia

Patricia Mayo com Hélio Souto em O Mestiço 

Patricia Mayo com Débora Duarte, Rita Cleós, Francisco Cuoco, Luís Gustavo, Xisto Guzzi, Clenira Michel e Wanda Kosmo em O  Pecado de Cada Um (TV Tupi, 1965/66), novela de Wanda Kosmo

Patricia Mayo com Rita Cleós, Débora Duarte e Wanda Kosmo em O  Pecado de Cada Um 

Patricia Mayo com Francisco Cuoco em O  Pecado de Cada Um 
Patricia Mayo com Luís Gustavo em O  Pecado de Cada Um 

Patricia Mayo, José Parise, Walmor Chagas e Lisa Negri em  Presídio de Mulheres (TV Tupi, 1965/66), novela de Mário Lago

Patricia Mayo com Dênis Carvalho em Antônio Maria (TV Tupi, 1968), novela de Geraldo Vietri

Patricia Mayo com Dênis Carvalho em Antônio Maria

Patricia Mayo com Dênis Carvalho em Antônio Maria

Patricia Mayo com Dênis Carvalho em Antônio Maria

Patricia Mayo com Guiomar Novais e Carlos Duval em Antônio Maria

Patricia Mayo numa cena de Antônio Maria com Sérgio Cardoso, Aracy Balabanian, Lima Duarte e Nea Simões. 

Patricia Mayo com Ademir Rocha em O Rouxinol da Galiléia (TV Tupi, 1969), novela bíblica de Julio Atlas

Patricia Mayo com o elenco de As Bruxas (TV Tupi, 1970), novela Ivani Ribeiro

Patricia Mayo com Hélio Souto e Elizabeth Hartmann em A Fábrica (TV Tupi, 1971), novela Geraldo Vietri
Patricia Mayo com Douglas Mazzola em  O Velho, O Menino e o Burro (TV Tupi, 1976), novela Carmem Lidia

Patricia Mayo com Nicete Bruno em  Como Salvar o Meu Casamento (TV Tupi, 1979), novela Carlos Lombardi, Edy Lima e Ney Marcondes

Patricia Mayo em  Como Salvar o Meu Casamento

Fotos - acervo de Orias Elias - revistas Amiga (Bloch Editores), Contigo (Editora Abril), Sétimo Céu (Bloch Editores), Romântica (Editora Vecchi), Melodias  (Editora APA), Manchete (Bloch Editores), Cartaz (Rio Gráfica e Editora SA), Intervalo (Editora Abril), O Cruzeiro, Jornais Diário de São Paulo, Folha de São Paulo, Imprensa Oficial, Blog Revista Amiga e Novelas (Césio Gaudereto), Livro Astros e Estrelas da TV Tupi, site TV Globo, Site Canal Viva, Cedoc (TV Globo), sites diversos da Internet 

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. É bom saber da história de nossas atrizes. Tem que falar sobre os trabalhos mais recentes dela.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir