quinta-feira, 5 de março de 2020

CYLL FARNEY O MAIOR GALÃ DAS CHANCHADAS



Cilênio Dutra e Silva, em artes  Cyll Farney, nasceu no Rio de Janeiro no dia  14 de Setembro de 1925. Irmão do cantor e pianista Dick Farney, Cyll Farney estudou Farmácia nos Estados Unidos e tocava bateria na banda do irmão, que o levou para os estúdios de cinema, no final dos anos 1940.

A estréia oficial no cinema se deu em 1949, com o filme A Escrava Isaura, apesar de já ter filmado em 1947 o filme Um Beijo Roubado para os estúdios Cinédia, ao lado da cantora Marlene,  mas esse filme só foi lançado em 1950.

Os olhos azuis e um sorriso encantador, aliados a uma imagem viril e  grande carisma, elevaram Cyl Farney ao posto de grande galã das chanchadas da Atlântida e da Cinédia, sempre no papel de moço rico e elegante, arrastando multidões ao cinema, ao lado das estrelas Eliana Macedo e Fada Santoro e do cômico Oscarito. Ao todo, Cyll Farney atuou em mais de 40 filmes, encerrando sua carreira de ator em 1978, mas continuando como produtor e dono do estúdio Tycoon, no Rio.

Como diretor de produção, esteve à frente de mais de uma dezena  de filmes como Todas as Mulheres do Mundo, de Domingos Oliveira;  Os Carrascos Estão entre Nós, de Adolfo Chadler;  A Espiã Que Entrou em Fria, de Sanin Cherques;  A Infidelidade ao Alcance de Todos;  Um Virgem na Praça e  Esse Rio Muito Louco. Também administrou campanhas publicitárias.

Na televisão teve poucos trabalhos: Protagonizou entre 1958 e 1960 o seriado O Jovem Dr. Ricardo, na TV Tupi, ao lado da atriz Tereza Rachel e  esteve na novela Melodia Fatal, da TV Excelsior, em 1964. Também fez alguns trabalhos esporádicos na TV Globo, entre eles o especial O Desquite em 1973 e a minissérie Hilda Furacão, em 1998.

Fyll Farney casou-se 5 vezes e teve uma filha com a atriz Sonia Muller. No início dos anos 1970, envolveu-se numa briga com o ator Carlos Alberto pelas atenções da atriz Yoná Magalhães, com quem viveu algum tempo.

Cyll Farney morreu no Rio de Janeiro, em 14 de Março de 2003, aos 77 anos, de parada cardiorrespiratória, no Centro de Tratamento Intensivo do Hospital Adventista Silvestre, onde estava internado.

Aqui, uma pequena mostra da trajetória do maior galã do cinema nacional nos anos 1950.


Cyll Farney

Cyll Farney

Cyll Farney

Cyll Farney

Cyll Farney

Cyll Farney

Cyll Farney

Cyll Farney

Cyll Farney

Cyll Farney

Cyll Farney

Cyll Farney

Cyll Farney

Cyll Farney, Grande Otelo e Oscarito em 1960

Cyll Farney com a atriz Fada Santoro

Cyll Farney 

Cyll Farney com a atriz Marlene Dietrich

Cyll Farney com a atriz Josephine Kipper

Cyll Farney e a atriz Ilka Soares num evento em 1957

Cyll Farney (à direita) e as estrelas Eliana Macedo e Dóris Monteiro na Editora Rio Gráfica 

Cyll Farney e a atriz Yoná Magalhães, com quem teve um romance no início dos anos 1970

Cyll Farney e Yoná Magalhães

Cyll Farney e Yoná Magalhães

Cyll Farney também foi casado com a atriz Sônia Clara

Cyll Farney e Sônia Clara

Cyll Farney e a atriz Fada Santoro no filme A Escrava Isaura (1949)

Cyll Farney com as atrizes Vera Nunes, Marlene e Maria Costa no filme Um Beijo Roubado (1950)

Cartaz do filme Um Beijo Roubado (Noites de Copacabana-1950)

Cyll Farney e a atriz Fada Santoro no filme O Pecado de Nina (1950)

Cyll Farney e a atriz Fada Santoro no filme O Pecado de Nina (1950)

Cyll Farney e a atriz Fada Santoro no filme O Pecado de Nina (1950)

Cyll Farney  com Fada Santoro no filme O Pecado de Nina (1950)

Cyll Farney  no filme Aí Vem o Barão (1951)

Cyll Farney e a atriz Fada Santoro e José Lewgoy no filme Barnabé, Tu és Meu (1951)

Cyll Farney e a cantora Emilinha Borba no filme Barnabé, Tu és Meu (1951)

Cyll Farney e a atriz Fada Santoro e José Lewgoy no filme Barnabé, Tu és Meu (1951)

Cyll Farney e a atriz Fada Santoro no filme Tocaia (1951)

Cyll Farney e as atrizes Fada Santoro e Margot Bittencourt no filme Areias Ardentes (1952)

Cyll Farney com Fada Santoro e Renato Restier no filme Areias Ardentes (1952)

Cartaz do filme Areias Ardentes (1952)

Cyll Farney no filme Amei Um Bicheiro (1952)

Cyll Farney no filme Amei Um Bicheiro (1952)

Cartaz do filme Amei Um Bicheiro (1952)

Cyll Farney no filme Carnaval Atlântida (1952)

Cyll Farney no filme Carnaval Atlântida (1952)

 cartaz do filme Carnaval Atlântida (1952)

Cyll Farney com Oscarito e Grande Otelo no filme Os Três Vagabundos (1952)

Cyll Farney com Fada Santoro no filme Nem Sansão, Nem Dalila (1954)

Cyll Farney com Eliana Macedo no filme Nem Sansão, Nem Dalila (1954)

Cyll Farney com Oscarito e Wilson Grey no filme Nem Sansão, Nem Dalila (1954)

Cartaz do filme Nem Sansão, Nem Dalila (1954)

Cyll Farney com Renata Fronzi no filme Guerra ao Samba (1954)

Cyll Farney com Gilberto Martinho no filme Paixão nas Selvas (1954)

Cyll Farney com Vanja Orico no filme Paixão nas Selvas (1954)

Cyll Farney com Josephine Kipper e Vanja Orico no filme Paixão nas Selvas (1954)

Cyll Farney com Vanja Orico no filme Paixão nas Selvas (1954)

Cyll Farney com Grande Otelo no filme Paixão nas Selvas (1954)

Cyll Farney no filme Paixão nas Selvas (1954)

Cyll Farney no filme Paixão nas Selvas (1954)

Cyll Farney com Eva Wilma no filme Chico Viola Não Morreu (1955)

Cyll Farney com Eva Wilma no filme Chico Viola Não Morreu (1955)

Cyll Farney no filme Chico Viola Não Morreu (1955)

Cyll Farney no filme Chico Viola Não Morreu (1955)


Cyll Farney com Eliana e Oscarito no filme Vamos Com Calma (1956)

Cyll Farney com Eliana no filme Vamos Com Calma (1956)

Cyll Farney com Eliana e Oscarito no filme Vamos Com Calma (1956)

Cyll Farney com Inalda de Carvalho no filme Colégio de Brotos (1956)

Cartaz do filme Colégio de Brotos (1956)

Cyll Farney  no filme Papai Fanfarrão (1956)

Cartaz do filme Papai Fanfarrão (1956)

Cyll Farney com Dóris Monteiro no filme De Vento em Popa (1957)

Cyll Farney com Sônia Mamede no filme É a Maior! (1958)

Cyll Farney com Nadia Maria e Sônia Mamede no filme É a Maior! (1958)

Cyll Farney com Walter D´Ávila no filme É a Maior! (1958)

Cyll Farney com Ítalo Rossi no filme E O Espetáculo Continua! (1958)

Cyll Farney com Ítalo Rossi no filme E O Espetáculo Continua! (1958)

Cyll Farney com Dóris Monteiro, Eliana e John Herbert no filme E O Espetáculo Continua! (1958)

Cyll Farney com Zezé Macedo e Neide Aparecida no filme O Homem do Sputnik (1959)

Cyll Farney com Neide Aparecida, Heloísa Helena, Zezé Macedo e Oscarito no filme O Homem do Sputnik (1959)

Elenco do filme O Homem do Sputnik (1959)

Cartaz do filme O Homem do Sputnik (1959)

Cyll Farney  no filme Pintando o Sete (1960)

Cyll Farney  com Odete Lara no filme Cacareco Vem Aí (1960)

Cyll Farney  com Oscarito no filme Cacareco Vem Aí (1960)

Cyll Farney  com Oscarito no filme Cacareco Vem Aí (1960)

Cyll Farney e Irma Alvarez no filme Dois Ladrões(1960)

Cyll Farney  com Oscarito e Irma Alvarez no filme Dois Ladrões(1960)

Cyll Farney no filme Dois Ladrões(1960)

Cyll Farney e Irma Alvarez no filme Dois Ladrões(1960)

Cyll Farney e Rose Rondelli no filme Quanto Mais Samba Melhor (1960)

Cyll Farney com Zélia Hoffman, Odete Lara e Sônia Muller no filme Sete Evas (1962)

Cyll Farney com Marlene França no filme A Infidelidade ao Alcance de Todos (1972)

Cyll Farney com Marisa Woodward, Clodovil Hernandez e Marlene França numa cena do filme A Infidelidade ao Alcance de Todos (1972)

Cyll Farney com Wanda Stefãnia no filme A Infidelidade ao Alcance de Todos (1972)

Cyll Farney com Wanda Stefãnia no filme A Infidelidade ao Alcance de Todos (1972)

Cyll Farney com Ronnie Von no filme Janaína - A Virgem Proibida (1972)

Cyll Farney com Raul Cortez no filme Janaína - A Virgem Proibida (1972)
Cyll Farney com Alcione Mazzeo no filme Tem Folga na Direção (1975)



Cyll Farney com Alcione Mazzeo no filme Tem Folga na Direção (1975)

Cyll Farney com Alcione Mazzeo no filme Tem Folga na Direção (1975)

Cyll Farney com Hortência Tayer e Estelita Bell no filme Tem Folga na Direção (1975)

Cyll Farney com Fernando José e Zé Trindade no filme Tem Folga na Direção (1975)

Cyll Farney com Alcione Mazzeo, Mário Petraglia e Hortencia Tayer no filme Tem Folga na Direção (1975)

Cyll Farney com Fernando José,  Catalano, Hortencia Tayer, Alcione Mazzeo e Mário Petraglia  no filme Tem Folga na Direção (1975)


Cyll Farney com Aracy Balabanian no Caso Especial O Desquite (TV Globo, 1973), escrito por Lauro César Muniz com direção de Reynaldo Boury

Cyll Farney com Aracy Balabanian no Caso Especial O Desquite (TV Globo, 1973)

Cyll Farney na novela Melodia Fatal (TV Excélsior, 1964), escrita por Nara Navarro com direção de Walter Avancini 

Cyll Farney na novela Melodia Fatal 
 







Cyll Farney 

Fotos - acervo de Orias Elias - revistas Amiga (Bloch Editores), Contigo (Editora Abril), Sétimo Céu (Bloch Editores), Romântica (Editora Vecchi), Melodias  (Editora APA), Manchete (Bloch Editores), Cartaz (Rio Gráfica e Editora SA), Intervalo (Editora Abril), O Cruzeiro, Jornais Diário de São Paulo, Folha de São Paulo, Imprensa Oficial, Blog TUDO ISSO É TV (Césio Gaudereto), site TV Globo, Site Canal Viva, Cedoc (TV Globo), Banco de Conteudos Culturais (www.bcc.org.br), sites diversos da Internet


Um comentário:


  1. I really enjoyed reading this post, I always appreciate topics like this being discussed to us. Information very nice. I will follow post Thanks for sharinI really enjoyed reading this post, I always appreciate topics like this being discussed to us. Information very nice. I will follow post Thanks for sharing..
    Games LOL A-Z | Mopeio2020 | Wormax io Games

    ResponderExcluir