domingo, 18 de abril de 2021

CID MOREIRA E SÉRGIO CHAPELIN - OS GALÃS DO JORNAL NACIONAL











 

O Jornal Nacional da TV Globo começou a ser transmitido em 1969. A primeira dupla de apresentadores foi formada por Cid Moreira e Hilton Gomes, mas foi com a entrada de Sergio Chapelin no programa em 1972, em substituição a Hilton, que o programa adquiriu um charme absoluto elevando os índices de audiência e, não raro, muitas vezes batendo a novela das oito no Ibope. Sóbrios e elegantes, com um charme a toda prova, a dupla de apresentadores marcou época na televisão brasileira. Num tempo em que não existia internet, a televisão era, naquele momento,  o veículo número um da informação visual e a força dos telejornais, especialmente o Jornal Nacional,  era indiscutível.

 

CID MOREIRA

Cid Moreira nasceu em Taubaté (SP) no dia 29 de setembro de 1927. Começou como locutor de rádio na sua cidade natal, em 1947.  Depois passou a ser narrador de documentários e do noticiário semanal Canal 100, apresentado nos cinemas. Em 1969 foi contratado pela TV Globo como um dos apresentadores do Jornal Nacional, onde ficou até 1996. A cada noite, depois das informações do dia, o Brasil ouvia na potente voz do apresentador, o seu "Boa Noite". Era o conclusão do dever cumprido. Mais uma vez!

Além da apresentação do telejornal, Cid Moreira também se destacou gravando em CD a íntegra da Bíblia Cristã.

 

SÉRGIO CHAPELIN

Sérgio Vieira Chapelin nasceu em Valença (RJ) no dia  12 de maio de 1941. Iniciou sua carreira como locutor de rádio, passando pela Rádio Nacional, Rádio MEC e Rádio Jornal do Brasil. Estreou na Rede Globo em 1972 como âncora do Jornal Hoje e no mesmo ano passou a apresentar o Jornal Nacional ao lado de Cid Moreira.

Em 1983, Sérgio deixou a Rede Globo para apresentar o Show sem Limite, no SBT, mas a experiência não deu certo, voltando à Rede Globo em 1984 como apresentador do Fantástico e  em 1989, novamente ao Jornal Nacional.

Sérgio também foi o primeiro apresentador do Globo Repórter, programa que apresentou durante 23 anos, até 27 de setembro de 2019, quando se despediu do programa e da TV Globo para se  aposentar. Em  quase cinquenta anos na Globo, Sérgio Chapelin se tornou um dos rostos e vozes mais queridas e prestigiadas do Brasil.

Aqui, uma pequena viagem na trajetória desses dois grandes nomes do telejornalismo brasileiro.


Sérgio Chapelin e Cid Moreira

Sérgio Chapelin e Cid Moreira

Sérgio Chapelin e Cid Moreira

Sérgio Chapelin e Cid Moreira

 Cid Moreira e Sérgio Chapelin 


Cid Moreira e Sérgio Chapelin

Sérgio Chapelin  e Cid Moreira 

Cid Moreira 

Cid Moreira 

Cid Moreira 

Cid Moreira 

Cid Moreira 

Cid Moreira 

Cid Moreira 

Cid Moreira 

Cid Moreira num postal das revistas Amiga e Sétimo Céu da Editora Bloch

Cid Moreira 

Cid Moreira

Cid Moreira


Cid Moreira e Hilton Gomes, os primeiros apresentadores do Jornal Nacional de 1969 a 1972

Cid Moreira recebendo um de seus vários Troféus Imprensa

Cid Moreira  e Silvio Santos

Cid Moreira

Cid Moreira com a atriz Rosamaria Murtinho

 Cid Moreira 

Cid Moreira  na revista Intervalo 2000

Sérgio Chapelin 

Sérgio Chapelin 

Sérgio Chapelin 

Sérgio Chapelin 

Sérgio Chapelin 

Sérgio Chapelin 

Sérgio Chapelin 


Sérgio Chapelin

Sérgio Chapelin
Sérgio Chapelin

Sérgio Chapelin 


Sérgio Chapelin 

Sérgio Chapelin

Sérgio Chapelin  

Sérgio Chapelin 

Sérgio Chapelin 

Sérgio Chapelin

Sérgio Chapelin 

Sérgio Chapelin no SBT

Sérgio Chapelin 

Sérgio Chapelin


Sérgio Chapelin 

Sérgio Chapelin com os filhos pequenos

Sérgio Chapelin com a atriz Riva Blanche

Sérgio Chapelin  com a atriz Suzana Gonçalves

Sérgio Chapelin na revista Família Cristã

Sérgio Chapelin num postal das revistas Amiga e Sétimo Céu da Editora Bloch

Sérgio Chapelin num postal das revistas Amiga e Sétimo Céu da Editora Bloch


Sérgio Chapelin com um de seus Trofeus Imprensa ao lado de outros premiados: Dina Sfat, Milton Moraes e Clara Nunes

Sérgio Chapelin com Wanderley Cardoso, Dina Sfat, Milton Moraes e Clara Nunes numa entrega do Troféus Imprensa

Sérgio Chapelin recebendo o Troféu Imprensa no Programa Silvio Santos

Sérgio Chapelin

Cid Moreira em 1973

Sérgio Chapelin 

Cid Moreira 

Sérgio Chapelin  

Cid Moreira e Sérgio Chapelin 

Sérgio Chapelin e Cid Moreira na revista Cartaz
em 1973 


Fotos - acervo de Orias Elias - revistas Amiga (Bloch Editores), Contigo (Editora Abril), Sétimo Céu (Bloch Editores), Romântica (Editora Vecchi), Melodias (Editora APA), Manchete (Bloch Editores), Cartaz (Rio Gráfica e Editora SA), Intervalo (Editora Abril), Ilusão (Editora Abril), O Cruzeiro (Diários Associados), Jornais Diário de São Paulo, Folha de São Paulo, Imprensa Oficial, Blog REVISTA AMIGA & NOVELAS (Césio Gaudereto), site TV Globo, Site Canal Viva, Cedoc (TV Globo),  sites diversos da Internet











Nenhum comentário:

Postar um comentário