terça-feira, 26 de junho de 2012

VANDA LACERDA UMA GRANDE DAMA DO TEATRO E DA TV

Magra, traços fortes, com uma certa dureza no olhar, Vanda Lacerda era uma atriz talhada para papéis dramáticos e vilanescos. Segundo diz a lenda era extremamente exigente em cena  e detestava que seus colegas não seguissem o seu rigor. Jorge Dória, José Wilker e Lucio Mauro foram alguns dos atores com quem Vanda andou se estranhando no palco. Rubens Correia, Henriette Morineau e Nathalia Timberg, no entanto, sempre a tiveram como magnífica companheira de cena. Enfim...

O que ninguém discute, porém, é que Vanda Lacerda foi uma das maiores atrizes do Brasil, tanto no teatro como na televisão. Era uma das atrizes preferidas de Dias Gomes e com ele fez ótimos trabalhos. Mesmo depois de sofrer um aneurisma e um derrame voltou ao palco e brilhou no belíssimo O Futuro Dura MuitoTempo ao lado do legendário Rubens Correia.

Vanda Lacerda foi uma das mais extraordinárias atrizes do Brasil e também uma batalhadora pela classe teatral, tendo sido presidente do Sated do Rio. Morreu em 14/07/2001, aos 77 anos de idade, deixando como legado uma belíssima folha de serviços prestados em prol da arte.

Vanda Lacerda - álbum da revista Romântica 
Vanda Lacerda

Vanda Lacerda

Vanda Lacerda

Vanda Lacerda

Vanda Lacerda

Vanda Lacerda

Vanda Lacerda

Vanda Lacerda

Vanda Lacerda

Vanda Lacerda

Vanda Lacerda na novela O Espigão

Vanda Lacerda
Vanda Lacerda na novela Uma Rosa Com Amor  
Vanda Lacerda na novela O Espigão  
Vanda Lacerda 

Vanda Lacerda
Vanda Lacerda
Vanda Lacerda

Vanda Lacerda
Vanda Lacerda com Felipe Carone, Mário Lago e Estelita Bell
Vanda Lacerda com Marcos Paulo num intervalo de gravação de Uma Rosa Com Amor. Na novela eles eram mãe e filho
Vanda Lacerda com o autor Pedro Bloch na estréia da peça Dona Xepa

Vanda Lacerda com o autor Pedro Bloch e o jornalista Adolpho Bloch na estréia da peça Dona Xepa

Vanda Lacerda se divertindo com o amigo Ary Fontoura num intervalo de gravação de Uma Rosa Com Amor

Vanda Lacerda com os amigos Ary Fontoura, Lélia Abramo, Fernando Villar e Heloisa Helena num intervalo de gravação de Uma Rosa Com Amor

Vanda Lacerda homenageada no Programa Aerton Perlingeiro

Capa da revista Cartaz no carnaval de 1973 com Vanda Lacerda coroada como a Rainha das Atrizes e Paulo Goulart, o príncipe consorte. Cidinha Campos foi a rainha do ano anterior

Vanda Lacerda entre Cidinha Campos e Paulo Goulart no Baile das Atrizes em 1973
Vanda Lacerda no Baile das Atrizes

Vanda Lacerda, Cidinha Campos e Paulo Goulart no Baile das Atrizes em 1973
Vanda Lacerda, Cidinha Campos e Paulo Goulart
Vanda Lacerda e Leonardo Villar em Uma Rosa Com Amor 

Em 1974 Vanda Lacerda passou a coroa para Sandra Bréa. O Baile das Atrizes era um evento que acontecia no carnaval e a renda era revertida para o Retiro dos Artistas.
Vanda Lacerda e Sandra Bréa. 

Vanda Lacerda e Sandra Bréa no Baile das Atrizes

Capa da revista Amiga com Vanda Lacerda, Sandra Bréa e o Rei Momo no carnaval de 1974

Fotos: acervo de Orias Elias - revistas Amiga (Bloch Editores), Contigo (Editora Abril), Sétimo Céu (Bloch Editores), Romântica (Editora Vecchi), Melodias  (Editora APA), Manchete (Bloch Editores), Cartaz (Rio Gráfica e Editora SA), Intervalo (Editora Abril)

Nenhum comentário:

Postar um comentário