segunda-feira, 9 de setembro de 2013

MARÍLIA PÊRA FILHA DO PALCO

Marília Marzullo Pêra nasceu no Rio de Janeiro em 22 de janeiro de 1943. Filha do legendário ator Manuel Pêra e da atriz Dinorah Marzullo, antes mesmo de nascer, já estava no palco, na barriga da mãe. Desde cedo Marília Pêra experimentou todos os altos e baixos de uma carreira artística, vendo os perrengues e glórias dos pais ao longo da vida. Cônscia de que tudo na vida passa, preparou-se desde sempre para ser uma atriz independente e acima de tudo, completa.

Por conta disso, estudou balé e canto, diversificou sua área de atuação para direção, produção e coreografia, além de estar sempre atenta aos ensinamentos das grandes lendas do teatro brasileiro com quem trabalhou, como Henriette Morineau, Dulcina de Moraes, Bibi Ferreira, Paulo Autran, Klauss Vianna e outros tantos. Exigente e temperamental, Marília Pêra exige disciplina e respeito de seus pares e sabe quanto vale cada milímetro de seu talento, afinal, nada lhe foi dado de mão beijada. Lutou e sofreu para chegar ao panteon das maiores atrizes do Brasil.

Nas novelas, estreou em 1965 em Rosinha do Sobrado e se destacou em mais uma dezena de outros trabalhos, como suas memoráveis atuações na novela Brega & Chique e na minissérie O Primo Basílio.

No cinema, é uma atriz premiada internacionalmente por sua magistral atuação no filme Pixote, a Lei do Mais Fraco. Mas é no teatro, onde começou oficialmente aos quatro anos de idade e ganhou todos os prêmios que uma atriz brasileira possa almejar, que está o seu chão mais firme.

No palco, tem uma carreira pontuada de grandes êxitos, entre eles, Fala Baixo Senão Eu Grito, A Vida Escrachada de Joana Martini e Baby Stomponato, Apareceu a Margarida, A Estrela Dalva, A Pequena Notável, Adorável Júlia, Elas por Ela, Brincando em Cima Daquilo, Master Class e Mademoiselle Chanel. Não por acaso, é tida como uma das maiores divas dos palcos brasileiros, onde deu vida à biografia de grandes mulheres, entre elas, Carmem Miranda, Dalva de Oliveira, Coco Chanel e Maria Callas. O título de uma de suas peças expressa tudo: Gloriosa!


Marília Pêra 

Marília Pêra 

Marília Pêra 

Marília Pêra 

Marília Pêra 

Marília Pêra 

Marília Pêra 

Marília Pêra 

Marília Pêra 

Marília Pêra 

Marília Pêra 


Marília Pêra 

Marília Pêra 

Marília Pêra 
Marília Pêra 
Marília Pêra

Marília Pêra

Marília Pêra

Marília Pêra

Marília Pêra 

Marília Pêra 

Marília Pêra 

Marília Pêra 

Marília Pêra 

Marília Pêra 

Marília Pêra 

Marília Pêra 

Marília Pêra 

Marília Pêra 

Marília Pêra 

Marília Pêra 

Marília Pêra 

Marília Pêra na Discoteca do Chacrinha

Marília Pêra no Plá do Imperial

Marília Pêra recebendo de Roberto Carlos o Prêmio Molière em 1970

Marília Pêra (de branco) na entrega do prêmio Air France de Cinema em 1981

Ricardo Graça Mello, Agildo Ribeiro e Nelson Motta, os maridos

Marília Pêra em 1972 com a mãe Dinorah Marzullo, a irmã Sandra Pêra e o filho Ricardo

Marília Pêra com Paulo Goulart e Nicette Bruno, amigos

Marília Pêra e Paulo Goulart, parceria de sucesso na novela Uma Rosa Com Amor

Marília Pêra e Paulo Goulart

Marília Pêra e Paulo Goulart

Marília Pêra com Waldick Soriano e Francisco Cuoco na época em que participava da novela O Cafona

Marília Pêra num marcador de livros

Marília Pêra na novela Brega & Chique, um de seus maiores sucessos na televisão
Marília Pêra
Marília Pêra
Marília Pêra

Marília Pêra

Marília Pêra


Marília Pêra




Fotos - acervo de Orias Elias - revistas Amiga (Bloch Editores), Contigo (Editora Abril), Sétimo Céu (Bloch Editores), Romântica (Editora Vecchi), Melodias  (Editora APA), Manchete (Bloch Editores), Cartaz (Rio Gráfica e Editora SA), Intervalo (Editora Abril), O Cruzeiro, Jornais Diário de São Paulo, Folha de São Paulo, Imprensa Oficial, site TV Globo, Blog Revista Amiga e Novelas (Césio Gaudereto) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário