terça-feira, 19 de agosto de 2014

ADRIANA PRIETO A GRETA GARBO DO SUBÚRBIO

Adriana Prieto nasceu em Buenos Aires no ano de 1950.  Filha de um diplomata chileno com uma brasileira, aos quatro anos  veio com a família para o Rio de Janeiro. Um pai ausente e uma família desestruturada fez dela uma criatura problemática. O irmão, Carlos Prieto, maquiador, figurinista e também ator, tomou Adriana como "projeto de vida". Ele a maquilava, escolhia suas roupas, a ensaiava e a ensinava imitar atitudes, gestos e olhares de Marlene Dietrich. Homossexual, via na irmã o que ele queria para si: a beleza, o talento e o sexo da irmã. Carlos Prieto morreu vítima da AIDS em 1995, aos 45 anos de idade.

Adriana Prieto estreou no cinema em 1966, no filme El Justicero, de Nelson Pereira dos Santos, sendo premiada como melhor atriz coadjuvante do ano. Com Lucia McCartney, ganhou o Prêmio Air France de cinema como melhor atriz de 1971. Também em 1971, foi premiada como Melhor Atriz no Festival de Brasília por sua atuação no filme Um Anjo Mau.

Na véspera do natal de 1974, aos 24 anos de idade, Adriana Prieto morreu vítima de um acidente automobilístico ocorrido três dias antes, quando seu fusca foi atingido fortemente por um carro da polícia. Tinha acabado de filmar O Casamento, de Arnaldo Jabor, baseado na obra homônima de Nelson Rodrigues.

Encerrava-se assim, a curta carreira de uma belíssima e promissora atriz que em 10 anos participara de 18 filmes, uma telenovela e três peças de teatro.

Ainda que o irmão sonhasse fazer dela uma Marlene Dietrich tropical, ela, por sua postura fechada e triste, seu semblante misterioso e impenetrável, aproximava-se mais de uma outra deusa do cinema: Greta Garbo. 



Adriana Prieto
Adriana Prieto
Adriana Prieto
Adriana Prieto
Adriana Prieto
Adriana Prieto

Adriana Prieto

Adriana Prieto

Adriana Prieto
Adriana Prieto
Adriana Prieto
Adriana Prieto

Adriana Prieto

Adriana Prieto
Adriana Prieto
Adriana Prieto

Adriana Prieto com Carlos Mossy no filme Soninha Toda Pura 

Adriana Prieto com Albino Pinheiro no filme Lucia McCartney (1971), direção de David Neves

Adriana Prieto com Albino Pinheiro no filme Lucia McCartney

Adriana Prieto no cartaz do filme Lúcia McCartney
Adriana Prieto com Arduíno Colassanti no filme Memória de Helena (1969), direção de David Neves

Adriana Prieto no filme Memória de Helena 

Adriana Prieto com Arduíno Colassanti no filme Memória de Helena 

Adriana Prieto no filme Memória de Helena 
Adriana Prieto com Carlos Mossy no filme A Penúltima Donzela (1969), direção de Fernando Amaral
Adriana Prieto com Carlos Mossy no filme A Penúltima Donzela 

Adriana Prieto com Carlos Mossy no filme A Penúltima Donzela
Adriana Prieto com Carlos Mossy e Paulo Porto no filme A Penúltima Donzela

Adriana Prieto com Carlos Mossy no filme A Penúltima Donzela

Adriana Prieto com Jardel Filho no filme A Viúva Virgem (1972), direção de Pedro Carlos Rovai

Adriana Prieto no cartaz do filme A Viúva Virgem (1972), direção de Pedro Carlos Rovai

Adriana Prieto com Carlos Imperial no filme A Viúva Virgem 

Adriana Prieto com Marcelo no filme A Viúva Virgem 

Adriana Prieto com Inês Knaut no filme Uma Mulher Para Sábado (1970), direção de M. Rittner

Adriana Prieto no filme O Palácio dos Anjos (1970), direção de Walter Hugo Khouri

Adriana Prieto com Geneviere Grad no filme O Palácio dos Anjos 

Adriana Prieto com Cecil Thiré no filme Ainda Agarro Esta Vizinha (1974), direção de Pedro Carlos Rovai 

Adriana Prieto no cartaz do filme Ainda Agarro Esta Vizinha 

Adriana Prieto com Sérgio Hingst e Lola Brah no filme Ainda Agarro Esta Vizinha 

Adriana Prieto no filme Ainda Agarro Esta Vizinha  

Adriana Prieto no filme Um Anjo Mau (1971), direção de Roberto Santos 

Adriana Prieto no filme Um Anjo Mau 

Adriana Prieto com Jonas Melo no filme Um Anjo Mau 

Adriana Prieto no filme Um Anjo Mau 

Adriana Prieto com Francisco di Franco no filme Um Anjo Mau  

Adriana Prieto no filme Um Anjo Mau (1971), direção de Roberto Santos 

Adriana Prieto no filme Um Anjo Mau

Adriana Prieto com Paulo Porto no filme O Casamento (1974), direção de Arnaldo Jabor 

Adriana Prieto no filme O Casamento 

Adriana Prieto no cartaz do filme O Casamento 

Adriana Prieto com Paulo Porto na capa do DVD do filme O Casamento 

Cartaz do filme As Duas Faces da Moeda

Adriana Prieto com Oduvaldo Viana Filho no filme As Duas Faces da Moeda (1968), direção de Domingos Oliveira

Adriana Prieto com Cláudio Marzo numa participação especial na novela A Rainha Louca (TV Globo, 1967)

Adriana Prieto com Reginaldo Farias na novela Tempo de Viver (TV Tupi-Rio, 1972)

Adriana Prieto com Jece Valadão, Otávio Augusto e Reginaldo Farias na novela Tempo de Viver 

Adriana Prieto com Reginaldo Farias e Jece Valadão  no cartaz da novela Tempo de Viver

Adriana Prieto com Jece Valadão na novela Tempo de Viver 
Adriana Prieto com Jece Valadão, Otávio Augusto, Reginaldo Farias e Tatiana Leal na novela Tempo de Viver

Adriana Prieto na capa da revista Manchete

Adriana Prieto na capa da revista Amiga
Adriana Prieto

Adriana Prieto

Adriana Prieto
Adriana Prieto

Adriana Prieto

Adriana Prieto

Adriana Prieto


Adriana Prieto
Adriana Prieto


Fotos - acervo de Orias Elias - revistas Amiga (Bloch Editores), Contigo (Editora Abril), Sétimo Céu (Bloch Editores), Romântica (Editora Vecchi), Melodias  (Editora APA), Manchete (Bloch Editores), Cartaz (Rio Gráfica e Editora SA), Intervalo 2000 (Editora Abril), O Cruzeiro, Blog Revista Amiga e Novelas (Césio Gaudereto), sites diversos da Internet e site Banco de Conteudos Culturais (www.bcc.org.br) 



7 comentários:

  1. QUERIDO AMIGO, SUPER VALIDA A POSTAGEM ,PENA QUE ELA NOS DEIXOU TAO CEDO,UM BEIJAO,.ANDA SUMIDO VC ,COMO ESTA TUDO BOM.NAO NOS DEIXE SEM NOTICIAS NO MELHOR BLOG DA NET

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda tenho muito material para postar. O problema é tempo para digitalizar, tratar as imagens, pesquisar datas, diretores, autores, postar, enfim... Mas estamos sempre na área. Obrigado pela força. abs

      Excluir
  2. Parabéns!!!. Adoro a Adriana, enigmática e talentosa. Torcendo para mais postagens. Um abraço

    ResponderExcluir
  3. Adorei ver as postagens da Adriana, virei fã dela, gostaria de ler alguma entrevista dela. Seria possível?

    ResponderExcluir
  4. Opa, beleza? Gosto muito de Adriana Prieto. Ela faz parte de meu imaginário juvenil. Acompanhei a novela Tempo de Viver e gostaria de saber se há imagens disponíveis em algum lugar. Grande abraço. Luiz Carlos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não sei informar Luis Carlos. Tem um site chamado Banco de Conteúdos Culturais (www.bcc.org.br) que tem algumas imagens da TV Tupi. Não sei se tem desta novela. abs

      Excluir
  5. Eu me lembro quando Adriana Prieto morreu. Não tinha visto nada dela no cinema,na época, porque eu era criança, mas ouvi a notícia na televisão. Meus pais comentaram espantados. Só ouvi falar nela de novo no lançamento do filme O Casamento, em 1976. Ela está belíssima, com o corpo perfeito, mas teve que ser dublada pela atriz Norma Blum. Dizem que Estrela Nua, de 1985,foi inspirado nela. Em Ainda Agarro esta Vizinha, Adriana está alegre, sem o ar melancólico que a consagrou.O que mais me espanta é a quantidade de bons filmes que ela apareceu em tão pouco tempo. Assim como James Dean, morreu aos 24 anos. Ambos trabalharam muito, até os últimos dias de vida.

    ResponderExcluir