segunda-feira, 25 de julho de 2016

RONNIE VON O ETERNO PEQUENO PRÍNCIPE DA MPB


Ronaldo Lindenberg Von Schilgen Cintra Nogueira, em artes  Ronnie Von,  nasceu em Niterói (RJ) no dia  17 de julho de 1944. É um dos mais queridos cantores brasileiros e também ator, compositor e apresentador de um longevo programa de entrevistas na televisão, o Todo Seu, na TV Gazeta.

Começou sua carreira na década de 1960, integrando o movimento conhecido como  Jovem Guarda. Seu primeiro grande sucesso foi  a música A Praça, composta por Carlos Imperial. Ao longo de sua carreira, Ronnie Von vendeu mais de 10 milhões de discos, tendo lançado discos também no exterior. 

Em 1966, apresentou o programa O Pequeno Mundo de Ronnie Von, na  TV Record, onde interpretava um personagem baseado no livro O Pequeno Príncipe, o que lhe valeu o título de  "Príncipe", que o acompanhou por toda sua carreira.

Além de cantor e apresentador, Ronnie Von também atuou como ator em filmes e telenovelas. Na  TV Excélsior atuou em A Menina do Veleiro Azul com Leila Diniz e na TVTupi protagonizou ao lado de Vanusa a novela Cinderela 77. No cinema fez sucesso nos filmes  Janaína - A Virgem Poibida  ao lado de Marlene França,  O Descarte com Glória Menezes e  A Filha dos Trapalhões, com Renato Aragão.

Oriundo de uma família de posses do Rio de Janeiro, Ronnie Von, filho do diplomata José Maria Cintra Nogueira e de Dona Noly Lindenberg Von Schingen, desde cedo acostumou-se a um mundo de sofistificação e bom gosto. Aos 19 anos de idade casou-se com a jornalista Arethusa, com quem teve dois filhos: Alessandra e Ronaldo. Com o divórcio, ficou com  a guarda dos filhos, o que rendeu um livro sobre o assunto: Mãe de Gravata. Também consta de sua vida sentimental outros relacionamentos com a atriz Bia Seidl, com Ana Luísa e com Maria Cristina Mestres Rangel, a Kika, mãe de seu terceiro filho e com quem está casado desde 1986.

Na década de 70, Ronnie Von teve um grave problema de saúde, uma doença rara, a Síndrome de Guillain-Barré, uma inflamação do sistema nervoso periférico, que o deixou paralítico durante um ano.

Em 2014, foi lançada a biografia Ronnie Von: O Príncipe Que Podia Ser Rei, escrita por Antonio Guerreiro e Luiz Cesar Pimentel.  Por sua elegância e refinada educação, Ronnie Von pode também, perfeitamente, ser chamado de  “lorde”.


Aqui e nas postagens  “Ronnie Von No Cinema e nas Novelas” e “Ronnie Von nas Capas de Discos e Revistas”, um pouco de sua brilhante trajetória.

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von
Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von
Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von
Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von
Ronnie Von
Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von


Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von
Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von - FICHA

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von
Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von
Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von
Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von
Ronnie Von
Ronnie Von
Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von
Ronnie Von

Ronnie Von


Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von
Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von
Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von
Ronnie Von

Ronnie Von
Ronnie Von
Ronnie Von

Ronnie Von


Ronnie Von

Ronnie Von
Ronnie Von & Adriana

Ronnie Von & Rosemary

Ronnie Von
Ronnie Von

Ronnie Von
Ronnie Von

Ronnie Von
Ronnie Von
Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von

Ronnie Von
Ronnie Von

Ronnie Von e Ed Carlos
Ronnie Von

Ronnie Von
Ronnie Von


Fotos - acervo de Orias Elias - revistas Amiga (Bloch Editores), Contigo (Editora Abril), Sétimo Céu (Bloch Editores), Romântica (Editora Vecchi), Melodias  (Editora APA), Manchete (Bloch Editores), Cartaz (Rio Gráfica e Editora SA), Intervalo (Editora Abril), O Cruzeiro, Jornais Diário de São Paulo, Folha de São Paulo, Imprensa Oficial, Blog TUDO ISSO É TV (Césio Gaudereto), sites diversos da Internet 

3 comentários: