sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

GRANDES NOVELISTAS - GILBERTO BRAGA



Gilberto Tumscitz Braga nasceu no bairro de Vila Isabel na cidade do Rio de Janeiro no dia 1 de novembro de 1945. Filho de uma família de classe média alta, estudou em bons colégios e chegou a ganhar uma bolsa de estudos em Paris.

Considerado um dos homens mais cultos e elegantes do Rio de Janeiro, começou a carreira como crítico de teatro do jornal O Globo, passando depois a escrever textos para o programa Caso Especial na TV Globo. Seus primeiros trabalhos foram A Dama das Camélias (1972) e As Praias Desertas (1973). Como autor de telenovelas, seu primeiro trabalho oficial foi Corrida do Ouro (1974), dividindo a autoria com Lauro César Muniz. 

Entre 1975 e 1976, adaptou para a televisão as obras  Helena (Machado de Assis),  Senhora (José de Alencar), Dona Xepa (Pedro Bloch) e Escrava Isaura (Bernardo Guimarães). O bom resultado de suas adaptações lhe deu aval para dar continuidade à novela Bravo! Iniciada por sua madrinha Janete Clair. Em 1978, a partir de uma idéia de Janete intitulada A Prisioneira, desenvolveu Dancin´Days, um enorme sucesso de público e crítica.

Os anos 1980 registraram grandes sucessos de Gilberto Braga: Água Viva (1980), Brilhante (1981), Louco Amor (1983), Corpo a Corpo (1984), Anos Dourados (1986) e Vale Tudo (1988), considerada uma das melhores novelas da televisão.  Nos anos 1990 escreveu Lua Cheia de Amor (1990), O Dono do Mundo (1991), Anos Rebeldes (1992), Pátria Minha (1994), Labirinto (1988) e Força de Um Desejo (1999). Todas foram obras campeãs de audiência, mas sem o impacto de Escrava Isaura, Dancin´Days e Vale Tudo.

Nos anos 2000, já com forte concorrência dos canais pagos,  registram-se dois sucessos do autor: Celebridade (2003) e Paraíso Tropical (2007), indicada ao Emmy Internacional como melhor novela.  Os outros trabalhos foram Insensato Coração (2011) e Babilônia (2015), novela que estreou cercada de grande expectativa e que acabou se revelando uma fonte de problemas e frustrações para o autor.

Ao longo de 45 anos de Rede Globo, Gilberto Braga é um dos mais bem sucedidos autores de telenovelas. Nas suas tramas imperam personagens da classe média carioca, assunto de seu total domínio e as sempre eficientes situações de crimes misteriosos com a clássica pergunta “Quem matou?” .  Aqui um pouco de sua trajetória. Boa viagem!

Gilberto Braga

Gilberto Braga

Gilberto Braga

Gilberto Braga

Gilberto Braga

Gilberto Braga

Gilberto Braga com Yoná Magalhães e Fausto Rocha Jr. no carnaval de 1979

Gilberto Braga com Cláudia Abreu e Malu Mader

Gilberto Braga com Silvio de Abreu e Fernanda Montenegro

Gilberto Braga autografando livro para Yoná Magalhães
Gilberto Braga com Fernanda Montenegro e Nélson Rodrigues 
Gilberto Braga com José Lewgoy e Tônia Carrero no lançamento do livro O Monstro dos Olhos Verdes

Gilberto Braga com Lauro César Muniz, o primeiro parceiro em novelas da TV Globo. Juntos escreveram Corrida do Ouro (1974). E Braga auxiliou Lauro em Carinhoso (1973) e Escalada  (1975)
Gilberto Braga com Ricardo Linhares, o maior parceiro. Juntos escreveram O Dono do Mundo (1991), Celebridade (2004), Paraiso Tropical (2007), Insensato Coração (2011) e Babilônia (2015)

Gilberto Braga com Raul Cortez

Glória Menezes num dos primeiros trabalhos de Gilberto Braga na televisão: O Caso Especial A Dama das Camélias (TV Globo, 1972)

Glória Menezes e Rogério Fróes no Caso Especial A Dama das Camélias 

Glória Menezes e Cláudio Cavalcanti no Caso Especial A Dama das Camélias 

Mário Lago, Ida Gomes, Cláudio Cavalcanti, Maria Cláudia  e Lícia Magna no Caso Especial A Dama das Camélias 

Juca de Oliveira e Dina Sfat em As Praias Desertas (TV Globo, 1973), Caso Especial de Gilberto Braga

Yoná Magalhães no Caso Especial As Praias Desertas

Corrida do Ouro (TV Globo, 1974), Novela de Lauro César Muniz e Gilberto Braga

Sandra Bréa, Maria Luiza Castelli, Aracy Balabanian, Nívea Maria, Renata Sorrah, Yoná Magalhães e Célia Biar  em Corrida do Ouro

 Renata Sorrah, Aracy Balabanian, Maria Luiza Castelli, Sandra Bréa e Célia Biar em Corrida do Ouro

 Aracy Balabanian e Altair Lima em Corrida do Ouro

Yoná Magalhães e Walmor Chagas em Corrida do Ouro

Helena (TV Globo, 1975), Novela de  Gilberto Braga, adaptada do romance homônimo de Machado de Assis

 Lúcia Alves em Helena

Osmar Prado e Lúcia Alves em Helena

Lúcia Alves e Osmar Prado em Helena

Ida Gomes e Carlos Duval em Helena
Senhora (TV Globo, 1975), Novela de  Gilberto Braga, adaptada do romance homônimo de José de Alencar

Norma Blum foi Aurélia Camargo, a protagonista de Senhora

Norma Blum e Cláudio Marzo em Senhora

Lúcia Alves, Aurimar Rocha e Norma Blum em Senhora

Norma Blum e Zilka Salaberry em Senhora

Norma Blum e Paulo Ramos em Senhora

Em 1976, Gilberto Braga foi incumbido de finalizar Bravo! (TV Globo, 1975/76), novela iniciada por Janete Clair. Com a proibição de Roque Santeiro pela censura Federal, a autora foi convocada para escrever, às pressas,  Pecado Capital

Carlos Alberto foi o Maestro Clóvis di Lourenzo, o protagonista de Bravo!. Aracy Balabanian foi Cristina

Aracy Balabanian e Neuza Amaral em Bravo!

 Neuza Amaral e Carlos Alberto em Bravo!

Carlos Alberto em Bravo!

Escrava Isaura (TV Globo, 1976), Novela de  Gilberto Braga, adaptada do romance homônimo de Bernardo Guimarães

Rubens de Falco, Lucélia Santos e Edwin Luisi foram os protagonistas de Escrava Isaura, um sucesso mundial, que popularizou as novelas brasileiras no exterior  

Roberto Pirillo e Lucélia Santos em Escrava Isaura

Rubens de Falco e Norma Blum em Escrava Isaura

Rubens de Falco e Lucélia Santos em Escrava Isaura

Dona Xepa (TV Globo, 1977), Novela de  Gilberto Braga, adaptada da peça teatral homônima de Pedro Bloch

Yara Cortes foi Dona Xepa, a feirante humilde que luta para dar uma vida melhor aos filhos Edson (Reinaldo Gonzaga, na foto) e Rosália (Nívea Maria) que adultos, sentem vergonha da mãe

Rubens de Falco e Nívea Maria em Dona Xepa

Dionísio Azevedo, Yara Cortes e Zeni Pereira numa cena de Dona Xepa

Dancin´Days (TV Globo, 1978), foi a primeira novela de Gilberto Braga para o horário das 20 Horas. Um enorme sucesso.

Sônia Braga e Antônio Fagundes em Dancin´Days 

Sônia Braga e Antônio Fagundes em Dancin´Days

Lidia Brondi, Reginaldo Farias e Joana Fomm em Dancin´Days
Dancin´Days consagrou os jovens Lauro Corona e Glória Pires

Reginaldo Farias, Glória Pires e Sônia Braga em Dancin´Days

Joana Fomm teve um dos melhores momentos de sua carreira em Dancin´Days

Antônio Fagundes, Beatriz Segall, Cláudio Correa e Castro e Lauro Corona integraram o grande elenco de Dancin´Days

Sônia Braga num grande momento de Dancin´Days

Atores de Dancin´Days

 Dancin´Days

Água Viva (TV Globo, 1975), Novela de  Gilberto Braga

Ângela Leal, Reginaldo Farias e Betty Faria viveram o principal triângulo amoroso de Água Viva

Raul Cortez e  Reginaldo Farias viveram os irmãos Fragonard em Água Viva

 Betty Faria e Raul Cortez em Água Viva

 Betty Faria e Reginaldo Farias em Água Viva

 Beatriz Segall e Fábio Júnior em Água Viva

 Beatriz Segall e Tônia Carrero tiveram papéis de grande destaque em Água Viva

Brilhante (TV Globo, 1981), Novela de  Gilberto Braga

 Tarcísio Meira e Vera Fischer em Brilhante

Vera Fischer e José Wilker  em Brilhante

Tarcísio Meira e Renée de Vielmond em Brilhante

Mario Lago e Fernanda Montenegro em Brilhante

Joana Fomm e Jardel Filho em Brilhante

Dênis Carvalho e Fernanda Montenegro, destaques de Brilhante

Dênis Carvalho e João Paulo Adour em Brilhante

Louco Amor (TV Globo, 1983), Novela de  Gilberto Braga

Carlos Alberto Riccelli, Bruna Lombardi e Fábio Júnior, o triângulo amoroso de Louco Amor

Carlos Alberto Riccelli e Beth Goulart em Louco Amor

José Lewgoy e Tereza Rachel, grandes atores em Louco Amor

Carlos Alberto Riccelli e Tereza Rachel numa cena de Louco Amor

Corpo a Corpo (TV Globo, 1984), Novela de  Gilberto Braga

Débora Duarte e Antônio Fagundes protagonizaram Corpo a Corpo
Glória Menezes e Hugo Carvana em Corpo a Corpo

Zezé Mota e Marcos Paulo em Corpo a Corpo

Hugo Carvana e Joana Fomm em Corpo a Corpo
 Marcos Paulo, Malu Mader e Hugo Carvana em Corpo a Corpo

Anos Dourados (TV Globo, 1986), minissérie de Gilberto Braga

Felipe Camargo e Malu Mader encantaram o público em Anos Dourados

Felipe Camargo e Malu Mader em Anos Dourados

Felipe Camargo e Malu Mader em Anos Dourados

Malu Mader, Yara Amaral e Isabella Garcia em Anos Dourados

Vale Tudo (TV Globo, 1988), Novela de Gilberto Braga, Aguinaldo Silva e Leonor Basséres

Cassio Gabus Mendes, Glória Pires e Carlos Alberto Riccelli em Vale Tudo

Beatriz Segall e Nathalia Timberg, dois grandes nomes no elenco de Vale Tudo

Antônio Fagundes em Vale Tudo

Antônio Fagundes e Regina Duarte em Vale Tudo

Carlos Alberto Riccelli e Beatriz Segall, o malandro e a megera que agitaram Vale Tudo
Um dos melhores momentos de Renata Sorrah na televisão foi a Heleninha Roitman de Vale Tudo

Adriano Reys e Beatriz Segall em Vale Tudo

Odete Roitman (Beatriz Segall) e Maria de Fátima (Glória Pires) são duas personagens antológicas de Vale Tudo

O Primo Basílio (TV Globo, 1988), minissérie baseada na obra homônima de Eça de Queiroz foi mais um trabalho primoroso de Gilberto Braga 

Tony Ramos, Giulia Gam e Marcos Paulo protagonizaram O Primo Basílio

 Giulia Gam e Marcos Paulo em O Primo Basílio

Marília Pêra viveu a rancorosa Juliana que chantageia a adúltera Luisa (Giulia Gam) em O Primo Basílio

 Giulia Gam em O Primo Basílio

Marília Pêra teve um grande desempenho em O Primo Basílio

Lua Cheia de Amor (TV Globo, 1990/91), foi uma nova versão de Dona Xepa, novela de Gilberto Braga apresentada em 1977. 

 Geraldo Del Rey, Marília Pêra e Francisco Cuoco em Lua Cheia de Amor 

O Dono do Mundo (TV Globo, 1991), novela de Gilberto Braga
Malu Mader, Antônio Fagundes e Tadeu Aguiar em O Dono do Mundo

Malu Mader e Antônio Fagundes em O Dono do Mundo
Kadu Moliterno e Glória Pires em O Dono do Mundo

Hugo Carvana e a grande Fernanda Montenegro em O Dono do Mundo. No papel de Olga Portela, uma cafetina de luxo, a atriz teve um excelente desempenho na novela.
Letícia Sabatella e Ângelo Antônio, revelações de O Dono do Mundo

Paulo Goulart e Ana Rosa em O Dono do Mundo

Anos Rebeldes (TV Globo, 1992), foi outra brilhante minissérie escrita por Gilberto Braga

Cassio Gabus Mendes e Malu Mader protagonizaram a minissérie Anos Rebeldes

Thales Pan Chacon e Cláudia Abreu na minissérie Anos Rebeldes

Betty Lago, Cláudia Abreu e José Wilker na minissérie Anos Rebeldes

Mila Moreira, Cassio Gabus Mendes, Bete Mendes e Malu Mader na minissérie Anos Rebeldes

Gianfrancesco Guarnieri, Emilio de Melo e Marcello Serrado em Anos Rebeldes

Pátria Minha (TV Globo, 1994), novela de Gilberto Braga

Tarcísio Meira e Vera Fischer eram os protagonistas de Pátria Minha. Na reta final a atriz teve que ser afastada da trama devido a problemas pessoais, causando um grande problema ao autor 

Nuno Leal Maia e Renata Sorrah em Pátria Minha. Ela é uma das atrizes preferidas de Gilberto Braga

Marieta Severo e Eva Wilma, duas grandes atrizes no elenco de Pátria Minha

Marieta Severo e Kadu Moliterno numa cena de Pátria Minha

Labirinto (TV Globo, 1991), foi mais uma minissérie de Gilberto Braga

Antônio Fagundes e Betty Faria no elenco da minissérie Labirinto

Otavio Muller, Betty Faria, Paulo José e Marcello Serrado na minissérie Labirinto

Fábio Assunção e Buza Ferraz numa cena de Labirinto

Força de Um Desejo (TV Globo, 1999), é considerada uma das melhores novelas de Gilberto Braga

Fábio Assunção e Malu Mader protagonizaram Força de Um Desejo

Fábio Assunção e Malu Mader em Força de Um Desejo

Sônia Braga (Participação Especial) e Reginaldo Farias em Força de Um Desejo

Nathalia Timberg vivendo a vilã Idalina, foi um dos maiores destaques de Força de Um Desejo

 Malu Mader, a bela estrela de Força de Um Desejo

Celebridade (TV Globo, 2003), novela de Gilberto Braga

Fábio Assunção e Malu Mader estiveram em muitas novelas de Gilberto Braga, a exemplo de Celebridade 

Os sensuais vigaristas vividos por Márcio Garcia e Cláudia Abreu  foram dois dos maiores destaques de Celebridade 

Cláudia Abreu e Malu Mader as estrelas de Celebridade 

Paraíso Tropical (TV Globo, 2007), novela de Gilberto Braga, foi indicada ao Premio Emmy nos Estados Unidos como melhor novela

Alessandra Negrini e Fábio Assunção estrelaram Paraíso Tropical

Wagner Moura e Camila Pitanga  foram os maiores destaques de Paraíso Tropical
Tony Ramos e Glória Pires, experiência em Paraíso Tropical

Alessandra Negrini viveu personagens gêmeas em Paraíso Tropical

Hugo Carvana e Yoná Magalhães tiveram papéis de grande destaque em Paraíso Tropical. Ele era um grã fino falido e ela, uma exuberante ex vedete
Wagner Moura, Vera Holtz e Bruno Gagliazzo em cena de Paraíso Tropical

Yoná Magalhães numa cena de Paraíso Tropical. O autor prestava uma homenagem aos atores transformistas do Rio de Janeiro

Insensato Coração (TV Globo, 2011), novela de Gilberto Braga

Paola Oliveira e Eriberto Leão estrelaram Insensato Coração. Ela substituiu às pressas a atriz Ana Paula Arósio, que desistiu da novelas depois de várias cenas gravadas. Fernanda Machado também estava no elenco.   

 Eriberto Leão e Paola Oliveira eInsensato Coração

Os vilões vividos por Gabriel Braga Nunes e Glória Pires foram os maiores destaques de Insensato Coração. Ambos receberam todos os prêmios de melhores atores do ano na televisão

Antônio Fagundes e Camila Pitanga formaram um dos casais românticos de Insensato Coração

Babilônia (TV Globo, 2015), novela de Gilberto Braga em parceria com Ricardo Linhares, teve muitos problemas, exigindo diversas mudanças no perfil das personagens

Camila Pitanga foi a estrela de Babilônia 

Babilônia contou com grandes atrizes em seu elenco. Adriana Esteves e Glória Pires foram duas delas.

Nathalia Timberg e Fernanda Montenegro viveram papéis polêmicos em Babilônia




Fotos - acervo de Orias Elias - revistas Amiga (Bloch Editores), Contigo (Editora Abril), Sétimo Céu (Bloch Editores), Romântica (Editora Vecchi), Melodias  (Editora APA), Manchete (Bloch Editores), Cartaz (Rio Gráfica e Editora SA), Intervalo (Editora Abril), O Cruzeiro, Jornais Diário de São Paulo, Folha de São Paulo, Imprensa Oficial, Blog TUDO ISSO É TV (Césio Gaudereto), site TV Globo, Site Canal Viva, Cedoc (TV Globo), sites diversos da Internet 

Nenhum comentário:

Postar um comentário