segunda-feira, 1 de fevereiro de 2021

WALDEREZ DE BARROS - UMA GRANDE DAMA DO TEATRO BRILHA NA TELEVISÃO

 Walderez Mathias Martins de Barros nasceu em Ribeirão Preto, São Paulo, em 1940.  Com 18 anos de idade,  saiu de Ribeirão para estudar Filosofia na USP, em São Paulo, onde participou do Centro Popular de Cultura (CPC). A primeira peça em que fez parte foi “O Balanço”,  premiada no Festival de Estudantes de Pascoal Carlos Magno, em Campinas. Com esse núcleo do CPC da USP, Walderez se apresentou em fábricas, sindicatos e escolas. Tomou gosto pelo palco e ingressou no Núcleo Estudantil do Teatro de Arena ao mesmo tempo em que frequentava o curso de Interpretação Teatral de Eugênio Kusnet, no Teatro Oficina.

Em 1962, começou a atuar também em peças do teatro infantil, com a peça “A Árvore Que Andava”, de Oscar von Pfull, sob a direção de Plínio Marcos com quem se casou e construiu uma forte parceria na vida e na carreira. No ano seguinte, estreou profissionalmente na Companhia Cacilda Becker com a peça “Onde Canta o Sabiá”, de Gastão Tojeiro.

Em sua vasta folha de serviços prestados ao teatro encontram-se grandes atuações em peças como Homens de Papel, Balbina de Iansã, Quando as Máquinas Param, Abajur Lilás, Madame Blavatsky, Max, O Jardim das Cerejeiras, Lago 21, Piaf, O Poeta da Vila e Medéia. Também atuou em diversas peças com o grupo TAPA (Querô, Portas da Noite, Nossa Cidade) e finalmente uma grande parceria com o diretor Gabriel Vilela (Hécuba, Fauto Zero, a Ponte e a Água da Piscina, Rainhas do Orinoco).

Na televisão, a estréia foi na TV Tupi, onde participou, de “Beto Rockfeller”, “Simplesmente Maria”, “O Machão”, “Canção para Isabel”, “Salário Mínimo” e “Papai Coração”. Na TV Cultura, participou de teleteatros, dirigidos por Adhemar Guerra e  Antônio Abujamra.  A primeira novela na TV Globo foi “Cara e Coroa”, em 1995 e o primeiro grande sucesso foi  “O Rei do Gado”, em 1998, ao lado de Raul Cortez e em seguida brilhou em diversas novelas de Manoel Carlos (“Laços de Família”, “Mulheres Apaixonadas”, “Páginas da Vida”). Ao todo foram mais de 25 trabalhos na emissora, entre novelas, séries e minisséries.

Em 2010, fez parte do elenco do filme “Quincas Berro D’ Água”, uma adaptação da obra de Jorge Amado e em 2017 atuou em “Cora Coralina – Todas as Vidas”.

Entre suas muitas premiações estão: Prêmio Molière (1980) – Melhor Atriz;   Troféu  Mambembe (1980) – Melhor Atriz ; Prêmio Molière  (1985) – Melhor Atriz;  Troféu Mambembe (1985) – Melhor Atriz;  Prêmio Molière(1990)  – Melhor Atriz;  Troféu Mambembe (1990) – Melhor Atriz ; Troféu APCA  (1997) – Melhor Atriz Coadjuvante e Prêmio de Teatro Cultura Inglesa (1999)  – Melhor Atriz.

Aqui, um pouco da trajetória de uma das maiores atrizes do teatro paulista.


Walderez de Barros

Walderez de Barros

Walderez de Barros

Walderez de Barros

Walderez de Barros

Walderez de Barros

Walderez de Barros

Walderez de Barros

TEATRO

Walderez de Barros na peça Onde Canta o Sabiá (1963)

Walderez de Barros com Stênio Garcia e Lílian Lemmertz na peça Onde Canta o Sabiá (1963)
 
 
Walderez de Barros com Tony Ramos na peça Quando as Máquinas Param (1971)

Walderez de Barros com Tony Ramos na peça Quando as Máquinas Param (1971)

Walderez de Barros com Jonas melo e Edgar Gurgel Aranha na peça O Cinto Acusador (1969)

Walderez de Barros com Maria Della Costa na peça Homens de Papel (1968)

Walderez de Barros com Umberto Magnani na peça Um Tiro no Coração


Walderez de Barros com Nize Silva na peça O Poeta da Vila e Seus Amores (1977)

Walderez de Barros com o elenco da peça O Poeta da Vila e Seus Amores (1977)

Walderez de Barros com Ewerton de Castro na peça O Poeta da Vila e Seus Amores (1977)

Walderez de Barros com Nize Silva na peça O Poeta da Vila e Seus Amores (1977)

Walderez de Barros na peça O Abajur Lilás (1980)

Walderez de Barros  na peça Madame Blavatsky (1985)

Walderez de Barros com equipe da peça Jesus Homem 

Walderez de Barros com Cleyde Yáconis na peça O Jardim das Cerejeiras

Walderez de Barros com Maria Eugenia de Domênico na peça O Jardim das Cerejeiras


Walderez de Barros com Cleyde Yáconis e Clarice Abujamra na peça Agnes de Deus (1982)

Walderez de Barros com Cleyde Yáconis e Clarice Abujamra na peça Agnes de Deus (1982)

Walderez de Barros com Umberto Magnani na peça Mocinhos Bandidos (1979)

Walderez de Barros com Vera Mancini na peça Nossa Cidade

Walderez de Barros com a equipe do Grupo TAPA na peça Nossa Cidade


Walderez de Barros com Bibi Ferreira na peça Piaf

Walderez de Barros com Xuxa Lopes na peça A Rainha da Beleza de Leenane

Walderez de Barros com Marcelo Médici na peça A Rainha da Beleza de Leenane

Walderez de Barros com Chico Diaz na peça A Rainha da Beleza de Leenane

Walderez de Barros na peça Bang-Bang

Walderez de Barros em Medéia 

Walderez de Barros na peça Fausto Zero

Walderez de Barros na peça Hécuba 

Walderez de Barros na peça Hécuba 

Walderez de Barros com Luciana Carnielli e Dagoberto Feliz na peça Rainhas do Orinoco (2016) 

Walderez de Barros na peça Rainhas do Orinoco 

Walderez de Barros na peça A Casa de Bernarda Alba 

CINEMA

Walderez de Barros com Júlia Lemmertz no filme curta-metragem Amor Materno (1994)

Walderez de Barros no filme Quincas Berro D´Água (2010)

Walderez de Barros no filme Cora Coralina - Todas as Vidas (2017)

Walderez de Barros no filme Cora Coralina - Todas as Vidas


TELEVISÃO


Walderez de Barros com Ana Rosa na telenovela Beto Rockfeller (TV Tupi, 1968)

Walderez de Barros com Rildo Gonçalves na telenovela Simplesmente Maria (TV Tupi, 1970)

Walderez de Barros com Yoná Magalhães na telenovela Simplesmente Maria (TV Tupi, 1970)

Walderez de Barros com Yoná Magalhães e Carlos Alberto na telenovela Simplesmente Maria (TV Tupi, 1970)

Walderez de Barros com Yoná Magalhães na telenovela Simplesmente Maria (TV Tupi, 1970)

Walderez de Barros com Tereza Sodré e Jacques Lagoa na telenovela O Machão (TV Tupi, 1975)

Walderez de Barros com Marcos Plonka na telenovela O Machão (TV Tupi, 1975)

Walderez de Barros com Elias Glizer, Antônio Fagundes e Marcos Plonka na telenovela O Machão (TV Tupi, 1975)

Walderez de Barros com Marcos Plonka na telenovela O Machão (TV Tupi, 1975)

Walderez de Barros com o elenco da telenovela O Machão (TV Tupi, 1975)

Walderez de Barros com Etty Frazer e o diretor Luis Gallon nas gravações da telenovela O Machão 

Walderez de Barros na telenovela O Machão (TV Tupi, 1975)

Walderez de Barros com Ivete Bonfá e Kito Junqueira na telenovela Canção Para Isabel (TV Tupi, 1976)

Walderez de Barros com Célia Helena, Rogério Márcico, Jonas Bloch, Wanda Stefâsnia, Paulo Figueiredo e Amary Alvarez na telenovela Canção Para Isabel (TV Tupi, 1976)

Walderez de Barros na telenovela Papai Coração (TV Tupi, 1976)

Walderez de Barros na telenovela O Rei do Gado (TV Globo, 1996)

Walderez de Barros na telenovela O Rei do Gado

Walderez de Barros com Raul Cortez e Glória Pires na telenovela O Rei do Gado 


Walderez de Barros com Raul Cortez e Patricia Pillar na telenovela O Rei do Gado

Walderez de Barros com Raul Cortez e Patricia Pillar na telenovela O Rei do Gado

Walderez de Barros com Raul Cortez na telenovela O Rei do Gado

Walderez de Barros com Leonardo Villar e Giovana Antonelli na telenovela Laços de Família (TV Globo, 2000)

Walderez de Barros com Leonardo Villar em Laços de Família 

Walderez de Barros com Leonardo Villar em Laços de Família 

Walderez de Barros com Giovana Antonelli em Laços de Família 

Walderez de Barros na telenovela Alma Gêmea (TV Globo, 2005)

Walderez de Barros com Natália do Valle, Grazi Massafera e Danielle Vinitis na telenovela Páginas da Vida (TV Globo, 2006)

Walderez de Barros com  Grazi Massafera e Danielle Vinitis na telenovela Páginas da Vida

Walderez de Barros com Thiago Lacerda, Grazi Massafera e André Frateschi na telenovela Páginas da Vida

Walderez de Barros em Páginas da Vida


Walderez de Barros com Marcelo Anthony na telenovela Ciranda de Pedra (TV Globo, 2008)

Walderez de Barros  na telenovela Ciranda de Pedra (TV Globo, 2008)

Walderez de Barros na telenovela Paraíso (TV Globo, 2009)

Walderez de Barros com Jandira Martini na telenovela Escrito nas Estrelas (TV Globo, 2010)

Walderez de Barros com Marcos Pasquim na telenovela Morde e Assopra (TV Globo, 2011)

Walderez de Barros com Vanessa Giácomo em Morde e Assopra 

Walderez de Barros com Marcos Pasquim e Paulo José em Morde e Assopra 

Walderez de Barros com Nanda Costa na telenovela Salve Jorge (TV Globo, 2012)

Walderez de Barros com André Frateschi na telenovela Sete Vidas (TV Globo, 2015)

Walderez de Barros com Denise Waimberg, Camila Amado e Othon Bastos na telenovela Éramos Seis (TV Globo, 2019)

 
Walderez de Barros com Flávio Migliaccio e Gabriel Braga Nunes na minissérie Hebe (TV Globo, 2020)

Walderez de Barros com o diretor Mauricio Farias e os atores  Flávio Migliaccio e Andrea Beltrão nas filmagens da minissérie Hebe (TV Globo, 2020)


Walderez de Barros no livro biográfico Voz e Silêncios para a Coleção Aplauso

Walderez de Barros em entrevista a Simon Khoury para a série Bastidores

Fotos - acervo de Orias Elias - revistas Amiga (Bloch Editores), Contigo (Editora Abril), Sétimo Céu (Bloch Editores), Romântica (Editora Vecchi), Melodias (Editora APA), Manchete (Bloch Editores), Cartaz (Rio Gráfica e Editora SA), Intervalo (Editora Abril), Ilusão (Editora Abril), O Cruzeiro (Diários Associados), Jornais Diário de São Paulo, Folha de São Paulo, Imprensa Oficial, Blog REVISTA AMIGA & NOVELAS (Césio Gaudereto), site TV Globo, Site Canal Viva, Cedoc (TV Globo), Acervo Pessoal de Walderez de Barros, Banco de Conteúdos Culturais (www.bcc.org.br), sites diversos da Internet
















Nenhum comentário:

Postar um comentário