domingo, 2 de dezembro de 2012

HÉLIO SOUTO O PRIMEIRO ÍDOLO DAS NOVELAS BRASILEIRAS

Em 1964 a TV Excélsior de São Paulo colocou no ar o primeiro grande sucesso das telenovelas brasileiras, A Moça Que Veio de Longe,  escrita por Ivani Ribeiro e protagonizada por Hélio Souto e Rosamaria Murtinho. O sucesso da novela elevou Hélio Souto ao posto de primeiro galã da emissora, mas também o colocou como cobaia para novos experimentos. Sua popularidade era o escudo para emissora experimentar novos horários, novos autores e novas estrelas. Nem sempre as experiências lograram êxito, provocando imensa insatisfação ao ator.  Nada, no entanto, apagou o brilho do galã, protagonista de 15 novelas entre os anos 1964 e 1969.

De porte atlético e figura máscula, Hélio Souto continuou encantando as fãs mesmo na sua fase madura, quando, vivendo um charmoso encanador, provocou os suspiros da personagem de Maria Della Costa e das fãs do Brasil inteiro na novela Te Contei? Outro grande sucesso foi o impagável Nenê Gomalina, o irmão vagabundo de Glória Menezes e Yara Amaral em Guerra dos Sexos

Além da televisão, Hélio Souto estrelou dezenas de filmes nacionais na fase das pornochanchadas e também atuou em peças de teatro de grande sucesso, com destaque para A Vida Escrachada de Joana Martini e Baby Stompanato, de Bráulio Pedroso, ao lado de Maríla Pêra.

Hélio Souto morreu em 5 de Outubro de 2.001, aos 72 anos de idade, vítima de um fulminante infarto, deixando como legado uma respeitável folha de serviços prestados em prol da arte nacional. Aqui, uma pequena mostra de sua trajetória.  

Hélio Souto

Hélio Souto
Hélio Souto

Hélio Souto
Hélio Souto

Hélio Souto

Hélio Souto
Hélio Souto  (* álbum Galeria dos Personagens da TV - Rio Gráfica Editora)
Hélio Souto
Hélio Souto
Hélio Souto

Hélio Souto

Hélio Souto

Hélio Souto

Hélio Souto

Hélio Souto

Hélio Souto

Hélio Souto
Hélio Souto

Hélio Souto

Hélio Souto

Hélio Souto
Hélio Souto

Hélio Souto

Hélio Souto

Hélio Souto
Hélio Souto  
Hélio Souto  no filme O Caçador de Papagaios
Hélio Souto com Sérgio Cardoso e Hebe Camargo em 1966
Hélio Souto recebendo o Troféu Roquete Pinto como melhor ator de televisão por sua atuação em A Moça Que Veio de Longe

Hélio Souto e Marília Pêra 
Hélio Souto 

Hélio Souto
Hélio Souto e o filho bebê

Hélio Souto
Hélio Souto com Lima Duarte e Walter Forster no lançamento da novela A Fábrica (TV Tupi, 1971)

Hélio Souto e Rosamaria Murtinho 

Hélio Souto

Hélio Souto
Hélio Souto

Hélio Souto e Maria Helena Dias 
Hélio Souto e Rosamaria Murtinho

Hélio Souto e Iris Bruzzi 
Hélio Souto e Odete Lara 

Hélio Souto  

Hélio Souto e Hebe Camargo

Hélio Souto  
Hélio Souto
Hélio Souto e Annik Malvil na novela Olhos que Amei

Hélio Souto e Aracy Balabanian na novela Locomotivas 
Hélio Souto e Maria Della Costa na novela Te Contei?


Fotos - acervo de Orias Elias - revistas Amiga (Bloch Editores), Contigo (Editora Abril), Sétimo Céu (Bloch Editores), Romântica (Editora Vecchi), Melodias  (Editora APA), Manchete (Bloch Editores), Cartaz (Rio Gráfica e Editora SA), Intervalo (Editora Abril), O Cruzeiro, Jornais Diário de São Paulo, Folha de São Paulo, Imprensa Oficial   

Nenhum comentário:

Postar um comentário