domingo, 27 de outubro de 2013

YARA CORTES NAS NOVELAS


Yara Cortes interpretou a mãe de Francisco Cuoco em O Semideus (TV Globo, 1973/74), novela de Janete Clair

Yara Cortes em O Semideus 
Yara Cortes com Nívea Maria em O Semideus 
Yara Cortes com Renata Fronzi e Gracinda Freire em O Semideus

A tresloucada Maria Angélica (Bubu) que tentava seduzir Boneco (Lima Duarte), um ladrão penetra, foi a personagem de Yara Cortes  em O Rebu (TV Globo, 1974), novela de Bráulio Pedroso. Roubaram a cena.

Yara Cortes e Tereza Rachel, duas grandes atrizes em em O Rebu  

Yara Cortes com Isabel Ribeiro em O Rebu  

Yara Cortes  e Lima Duarte, impagáveis em O Rebu  
Yara Cortes  com Ziembinski em O Rebu

Yara Cortes em O Rebu

Yara Cortes e Lima Duarte em O Rebu 

Yara Cortes e Haroldo de Oliveira em O Rebu  

Yara Cortes e Ziembinski em O Rebu  

Yara Cortes  em O Rebu  

Yara Cortes  em O Grito (TV Globo, 1975), novela de Jorge Andrade

Yara Cortes com Tereza Rachel e Walmor Chagas em O Grito 

Yara Cortes foi a mãe de Roberto Pirillo em O Grito 

Dona Carmem (Yara Cortes), a mãe grosseira e possessiva de Mário (Roberto Pirillo), infernizou a vida da nora Lais (Suely Franco) em O Grito. 

Yara Cortes (Dona Carmem) e Sebastião Vasconcellos (o zelador Francisco)  numa cena de O Grito  

Yara Cortes e Roberto Pirillo em O Grito  

Reunião de condôminos em O Grito. Dona Carmem (Yara Cortes) tinha especial aversão à liberada Kátia (Yoná Magalhães) e Marta (Glória Menezes), mãe de uma criança excepcional. Castro Gonzaga, Walmor Chagas, Edson França, Leonardo Villar, Tereza Rachel e Midori Tange interpretavam outros condôminos do Edifício Paraíso, onde se passava a trama da novela.
Yara Cortes  em O Grito 

Yara Cortes com Paulo Gracindo em O Casarão (TV Globo, 1976), novela de Lauro César Muniz

Yara Cortes foi a avó de Renata Sorrah em O Casarão

Yara Cortes com Bete Mendes em O Casarão

Aracy Balabanian foi uma das filhas de Yara Cortes em O Casarão. Grandes interpretações.

Yara Cortes com Dayse Lúcidi, a outra filha, em O Casarão  
Yara Cortes em O Casarão


Yara Cortes, a doce Carolina de O Casarão

Yara Cortes com Mário Lago, estupendos em O Casarão 

Yara Cortes (Carolina) e Mário Lago (o Velho Atílio) em O Casarão  

Na juventude Carolina (Yara Cortes) foi obrigada pelo pai a se casar com Atílio (Mário Lago). Com ele teve 3 filhos: Violeta (Aracy Balabanian), Alice (Dayse Lúcidi) e Eduardo (Marcos Paulo), mas jamais esqueceu o seu grande amor da juventude, o escultor João Maciel (Paulo Gracindo)
Carolina (Yara Cortes) com a neta Lina (Renata Sorrah), o maridso Atilio (Mário Lago), o genro Francisco (Fernando Villar), a nora Vânia (Bete Mendes) e os filhos Violeta (Aracy Balabanian), Alice (Dayse Lúcidi) e Eduardo (Marcos Paulo)
Yara Cortes,  Mário Lago e Aracy Balabanian em O Casarão

Carolina (Yara Cortes) no enterro do marido Atílio (Mário Lago). 

Yara Cortes e Mário Lago em O Casarão
Yara Cortes com Aracy Balabanian em O Casarão
Yara Cortes e Mário Lago em O Casarão

João Maciel (Paulo Gracindo) esperou 40 anos para reencontrar o seu grande amor, Carolina (Yara Cortes) em O Casarão  

Yara Cortes e Paulo Gracindo em O Casarão  

Viúva, Carolina (Yara Cortes) pode finalmente realizar o seu sonho de viver com João Maciel (Paulo Gracindo), o seu grande amor em O Casarão. Ele respeitou a fidelidade da amada ao marido e esperou por ela durante 40 anos na deslumbrante história de Lauro César Muniz. 

Yara Cortes foi a protagonista absoluta de Dona Xepa (TV Globo, 1977), novela de Gilberto Braga, baseada na peça homônima de Pedro Bloch. 

Yara Cortes em Dona Xepa  

A feirante Dona Xepa (Yara Cortes) lutou muito para dar uma boa vida aos filhos, mas eles tinham vergonha da mãe. Nívea Maria era a ambiciosa Rosália, a  filha ingrata. 

Yara Cortes em Dona Xepa com Ana Lúcia Torre, Rubens de Falco e Nívea Maria

Yara Cortes em Dona Xepa  

Yara Cortes e Reinaldo Gonzaga, mãe e filho em Dona Xepa  

Yara Cortes com os grandes Dionísio Azevedo e Zeni Pereira em Dona Xepa.  Apesar de comadres, elas viviam às turras, garantindo momentos de muito humor e solidariedade.

Yara Cortes com Neuza Borges em Dona Xepa  
Yara Cortes com Edwin Luisi em Dona Xepa

Yara Cortes e Nívea Maria em Dona Xepa  
Yara Cortes em Dona Xepa

Yara Cortes em Dona Xepa

Yara Cortes (na foto com Ricardo Blat) foi Madame Clô, a dona de um Buffet, principal cenário de Marrom Glacê (TV Globo, 1979), novela de Cassiano Gabus Mendes

Yara Cortes, a protagonista de Marrom Glacê 
Yara Cortes com Louise Cardoso e Sura Berditchevski em Marrom Glacê

Yara Cortes com Nestor de Montemar em Marrom Glacê

Yara Cortes com Paulo Figueiredo em Marrom Glacê

Yara Cortes em Marrom Glacê

Yara Cortes com Rosita Tomaz Lopes e Roberto Faissal em Marrom Glacê

Yara Cortes com Mila Moreira em Marrom Glacê  

Yara Cortes com Louise Cardoso, Jorge Botelho e Sura Berditchevski em Marrom Glacê  

Yara Cortes com Paulo Gracindo em O Bem Amado (TV Globo, 1980/84), seriado de Dias Gomes

Yara Cortes em O Bem Amado 
Yara Cortes em Tenda dos Milagres (TV Globo, 1986), minissérie de Aguinaldo Silva

Yara Cortes com Reginaldo Farias em Ti-Ti-Ti (TV Globo, 1986), novela de Cassiano Gabus Mendes

Yara Cortes com Paulo Gracindo em Mandala (TV Globo, 1987/88), novela de Dias Gomes e Marcílio Moraes

Yara Cortes com Luiz Guilherme e Sandra Bréa em Pacto de Sangue (TV Globo, 1989), novela escrita pela novelista Regina Braga

Yara Cortes com Luiz Guilherme em Pacto de Sangue 

Yara Cortes com Geórgia Gomide em Mico Preto (TV Globo, 1990), novela de Euclydes Marinho

Yara Cortes com Geórgia Gomide em Mico Preto 
Yara Cortes com Christiane Torloni em A Viagem (TV Globo, 1994), novela de Ivani Ribeiro (foto Cedoc)
Yara Cortes numa cena de A Viagem

Yara Cortes com Umberto Magnani e Cláudio Lins em História de Amor (TV Globo, 1995), novela de Manoel Carlos (foto Cedoc)


Fotos - acervo de Orias Elias - revistas Amiga (Bloch Editores), Contigo (Editora Abril), Sétimo Céu (Bloch Editores), Romântica (Editora Vecchi), Melodias  (Editora APA), Manchete (Bloch Editores), Cartaz (Rio Gráfica e Editora SA), Intervalo (Editora Abril), O Cruzeiro, Jornais Diário de São Paulo, Folha de São Paulo, Imprensa Oficial, site TV Globo (Cedoc), Blog Revista Amiga e Novelas (Césio Gaudereto) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário