quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

João Paulo Adour na TV Globo

Ao longo de quase duas décadas João Paulo Adour brilhou em diversas novelas da TV Globo. Bonito e talentoso, sentia-se um tanto frustrado por estar sempre convocado para os papeis de galã. A luta diária para se manter na ativa num mercado restrito e altamente competitivo que é a televisão, também tiveram influência na sua decisão de abandonar a carreira no final dos anos 1980. Os fãs, no entanto, não o esqueceram. Prova disso é o espantoso numero de visitas que as páginas dedicadas a ele nesse blog têm recebido.  

João Paulo Adour estreou na TV Globo em A Ponte dos Suspiros (TV Globo, 1969), novela de Dias Gomes (*)
A primeira novela de João Paulo Adour foi Um Gosto Amargo de Festa (TV Tupi-Rio, 1969), novela de Cláudio Cavalcanti, baseada num original de Henrique Jarnes. No elenco estavam Ana Maria Magalhães, Rosita Tomaz Lopes, Camila Amado, Renata Sorrah, Beatriz Veiga, Riva Blanche, Italo Rossi, Pepita Rodrigues e Leila Santos. (* foto do acervo pessoal do ator, postada em sua página do facebook)
João Paulo Adour com Renata Sorrah e Ítalo Rossi em Um Gosto Amargo de Festa.  

João Paulo Adour com Djenane Machado em A Ponte dos Suspiros (TV Globo, 1969), novela de Dias Gomes

João Paulo Adour com Lúcia Alves, Heloísa Helena e Ary Fontoura em Verão Vermelho (TV Globo, 1970), novela de Dias Gomes
João Paulo Adour em Verão Vermelho

João Paulo Adour com Djenane Machado em Assim Na Terra Como No Céu (TV Globo, 1971), novela de Dias Gomes
João Paulo Adour e Djenane Machado em Assim Na Terra Como No Céu 
João Paulo Adour em Assim Na Terra Como No Céu

João Paulo Adour com Sônia Clara em Bandeira 2
João Paulo Adour em Bandeira 2

João Paulo Adour com Sônia Clara em Bandeira 2 (TV Globo, 1971/72), novela de Dias Gomes
João Paulo Adour com Sônia Braga em Selva de Pedra (TV Globo, 1972), novela de Janete Clair


Em Selva de Pedra João Paulo Adour era o Guido, namorado de Flávia (Sônia Braga)

João Paulo Adour e Sônia Braga num álbum de figurinhas da Rio Gráfica Editora
João Paulo Adour e Sônia Braga em Selva de Pedra 
João Paulo Adour (Guido) com  Sônia Braga (Flavia) e Edney Giovenazzi (Jorge, o pai de Flávia) em Selva de Pedra
João Paulo Adour e Sônia Braga em Selva de Pedra
João Paulo Adour em Selva de Pedra

João Paulo Adour em Selva de Pedra

Ceceu (João Paulo Adour) e Telma (Sandra Bréa) eram os filhos de Odorico Paraguaçú (Paulo Gracindo) em O Bem Amado (TV Globo, 1973), novela de Dias Gomes.
João Paulo Adour com Paulo Gracindo e Sandra Bréa em O Bem Amado

João Paulo Adour (Ceceu) e Jardel Filho (Dr. Juarez) em O Bem Amado  
João Paulo Adour e Maria Cláudia em O Bem Amado  
João Paulo Adour e Maria Cláudia em O Bem Amado

João Paulo Adour (Ceceu) e Maria Cláudia (Gisa) em O Bem Amado  
João Paulo Adour e Maria Cláudia em O Bem Amado

João Paulo Adour  em O Bem Amado  

João Paulo Adour  em O Bem Amado
João Paulo Adour com Teresa Cristina em O Bem Amado
João Paulo Adour e Teresa Cristina em O Bem Amado
João Paulo Adour com Sandra Bréa e Jardel Filho em O Bem Amado

João Paulo Adour com Jorge Botelho, Augusto Olímpio, Zilka Salaberry e Paulo Gracindo em O Bem Amado
João Paulo Adour, Paulo Gracindo e Sandra Bréa em O Bem Amado

João Paulo Adour com Paulo Gracindo e Sandra Bréa em O Bem Amado
João Paulo Adour com Ida Gomes em O Bem Amado

Por seu romance com uma mulher casada, Cecéu (João Paulo Adour) era um dos candidatos a defunto para inaugurar o cemitério de Sucupira em O Bem Amado

Em Gabriela (TV Globo, 1975) João Paulo Adour interpretou o dentista Dr. Osmundo, que tem um tórrido romance com a beata Dona Sinhazinha (Maria Fernanda), mulher de um poderoso coronel de Ilhéus, que o achava parecido com São Sebastião
 Maria Fernanda e João Paulo Adour 

João Paulo Adour em Gabriela  
João Paulo Adour em Gabriela (*)

João Paulo Adour em Gabriela (*)
João Paulo Adour em Gabriela

João Paulo Adour em Gabriela (*)

João Paulo Adour em Gabriela (*)

João Paulo Adour em Gabriela (*)

João Paulo Adour e Maria Fernanda em Gabriela (*). O dândi conquista a beata 20 anos mais velha que ele, detalhe que dava ainda mais charme ao casal.

Dr. Osmundo (João Paulo Adour) e Dona Sinhazina (Maria Fernanda) viveram um trágico amor em Gabriela (*). Descobertos pelo marido dela, Cel Jesuíno (Francisco Dantas), são assassinados em nome da honra. No livro, Jorge Amado caracterizou a cena com alta dose de erotismo. Os dois estavam nús na cama e ela usava apenas um par de ligas pretas... 

Em O Grito (TV Globo, 1975), novela de Jorge Andrade, João Paulo Adour viveu um dos seus bons momentos na televisão

João Paulo Adour (Rogério) e Françoise Forton (Marina) em O Grito  

João Paulo Adour e Françoise Forton em O Grito

João Paulo Adour (Rogério) e Françoise Forton (Marina) eram namorados em O Grito. Walmor Chagas era Gilberto, o pai da moça.
João Paulo Adour  e Françoise Forton em O Grito  

João Paulo Adour e Françoise Forton em O Grito  

João Paulo Adour e Françoise Forton em O Grito  

João Paulo Adour e Françoise Forton em O Grito  
João Paulo Adour e Françoise Forton em O Grito

João Paulo Adour e Françoise Forton em O Grito
João Paulo Adour com Ruth de Souza em O Grito (* foto do acervo pessoal do ator, postada em sua página do facebook)
 
João Paulo Adour e Françoise Forton em O Grito (* foto do acervo pessoal do ator, postada em sua página do facebook)

João Paulo Adour em O Grito
João Paulo Adour em O Grito (*)
João Paulo Adour em O Grito (*)


João Paulo Adour (Ivan) com Nívea Maria (Rosália) em Dona Xepa (TV Globo, 1977), um grande sucesso escrito por Gilberto Braga, baseada na peça teatral homônima de Pedro Bloch
João Paulo Adour em Dona Xepa  
João Paulo Adour com Patricia Bueno em Dona Xepa (*)  
João Paulo Adour com Patricia Bueno em Dona Xepa (*) 

João Paulo Adour com Patricia Bueno em Dona Xepa
João Paulo Adour com Fátima Freire em Dona Xepa

João Paulo Adour em Olhai os Lírios do Campo (TV Globo, 1980), novela de Geraldo Vietri, concluída por Wilson Rocha, baseada no romance homônimo de  Érico Veríssimo (*)
João Paulo Adour e Patricia Bueno em Olhai os Lírios do Campo  
João Paulo Adour e Patricia Bueno em Olhai os Lírios do Campo 
João Paulo Adour e Patricia Bueno em Olhai os Lírios do Campo
(* foto do acervo pessoal do ator, postada em sua página do facebook)
João Paulo Adour e Patricia Bueno em Olhai os Lírios do Campo
João Paulo Adour e Patricia Bueno em Olhai os Lírios do Campo
João Paulo Adour e Patricia Bueno em Olhai os Lírios do Campo
João Paulo Adour e Patricia Bueno em Olhai os Lírios do Campo
João Paulo Adour e Patricia Bueno em Olhai os Lírios do Campo

João Paulo Adour e Patricia Bueno em Olhai os Lírios do Campo

João Paulo Adour com Glória Pires, Marco Nanini, Claudio Correia e Castro e Reynaldo Gonzaga em As Três Marias (TV Globo, 1980/81), novela de Wilson Rocha, concluída por Walter Negrão, baseada no romance de  Rachel de Queiroz

João Paulo Adour com Maitê Proença em As Três Marias 
João Paulo Adour e Maitê Proença em As Três Marias  
João Paulo Adour e Maitê Proença em As Três Marias
João Paulo Adour com Maitê Proença em As Três Marias

João Paulo Adour com Maitê Proença em As Três Marias
João Paulo Adour e Maitê Proença em As Três Marias 
João Paulo Adour com Maitê Proença em As Três Marias
João Paulo Adour com Maitê Proença em As Três Marias
João Paulo Adour com Maitê Proença em As Três Marias

João Paulo Adour com Maitê Proença em As Três Marias

João Paulo Adour e Dênis Carvalho em Brilhante (TV Globo, 1981), novela de Gilberto Braga  
João Paulo Adour e Dênis Carvalho em Brilhante

Sérgio (João Paulo Adour) em Brilhante era o namorado Inácio (Dênis Carvalho), um rapaz gay, oprimido pela mãe, a poderosa Chica Newman (Fernanda Montenegro).
João Paulo Adour e Dênis Carvalho em Brilhante

João Paulo Adour e Dênis Carvalho em Brilhante. Pressionado pela mãe, Inácio (Dênis) casa-se com Leonor (Renata Sorrah)

João Paulo Adour, Dênis Carvalho e José Wilker em Brilhante  
João Paulo Adour em Brilhante 
João Paulo Adour com Dênis Carvalho e Vera Fischer em Brilhante 
João Paulo Adour com Fernanda Montenegro em Brilhante
João Paulo Adour com Vera Fischer em Brilhante
João Paulo Adour com Kadu Moliterno gravando a novela Brilhante

João Paulo Adour com Nathalia Timberg em Novo Amor (TV Manchete, 1986), novela de Manoel Carlos  
João Paulo Adour (penúltimo à direita) numa festa de confraternização do elenco de Selva de Pedra
João Paulo Adour  e Sônia Braga em Selva de Pedra
João Paulo Adour com Jorge Botelho em O Bem Amado
João Paulo Adour 




fotos: acervo de Orias Elias - revistas Romântica, Sétimo Céu, Contigo, Amiga, Jornal Folha de São Paulo, site TV Globo.
  • As fotos marcadas com (*) são do acervo pessoal do ator João-Paulo Adour, gentilmente cedidas para o blog Astros em Revista. Muitíssimo obrigado!

28 comentários:

  1. Nossa, esse cara era bonito...

    ResponderExcluir
  2. Por onde anda este ator "gatinho" demais, que do nada sumiu de nossas vistas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ao que se sabe João Paulo Adour decidiu assumir os negócios da família e não pôde conciliar as funções de ator e empresário. Ele mora no Rio e esporadicamente aparece em eventos sociais, com o mesmo charme de sempre.
      abs
      orias

      Excluir
  3. ele foi e e sempre sera maravilhoso. pena que a midia e tão ingrata.

    ResponderExcluir
  4. ele era muito lindo!!!

    ResponderExcluir
  5. Respostas
    1. João Paulo Adour mora no Rio de Janeiro. Educadíssimo e simpático, enviou mensagem a esse blog agradecendo a atenção a ele dispensada. Gente fina!

      Excluir
  6. cade esse lindo ator ? por q a globo ñ chama esse gato para atuar?

    ResponderExcluir
  7. q ator competente e a globo so chama quem ñ tem talento

    ResponderExcluir
  8. Que saudades! Somente você tinha os olhos de São Sebastião.

    ResponderExcluir
  9. hoje amanheci pensando nele... sei lá porque...Seria maravilhoso voltar às novelas. Deve etar uma coroa liindo.

    ResponderExcluir
  10. Grande João Paulo Adour! ainda machucando corações! quem pode, pode!
    abs

    ResponderExcluir
  11. Excelente blog! Além dos posts serem bem informativos e com fotos muito bonitas, você retrata em seu site justamente a época áurea das novelas no Brasil e nos ajuda a saber mais de artistas super competentes que foram injustamente esquecidos. João Paulo Adour é apenas um deles. Esse recorte temporal do seu blog faz com que ele se sobressaia ainda mais, além de você escrever muitíssimo bem. Parabéns pelo trabalho e continue a nos presentear com essas lições sobre a história da teledramaturgia no Brasil, que nos ajuda a entender a mídia e a nós mesmos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa! Depois dessa sua mensagem tô me achando! (rsrs). Obrigado pelo incentivo e fica de olho que eu tenho uma infinidade de fotos para postar. Além de novas postagens eu estou sempre acrescentando novas fotos às páginas já existentes.
      abs

      Excluir
  12. Vejo dignidade na atuação da dupla Maitê Proença e Erik Marmo no remake de GABRIELA.Mas,nada possível de ser comparado à força de respiração que havia em JOÃO PAULO ADOUR & MARIA FERNANDA na novela original de 1975.Ele era excelente ator!Homem belíssimo,
    sensualíssimo,pessoa fascinante,que me impressionou muitíssimo,quando o vi ainda criança em Teresópolis,cidade serrana do interior do Rio.
    Há dois anos vi uma foto dele e ele mesmo hoje,um senhor,mantém aquele fascínio e beleza,modificados,claro,mas ainda claramente inscritos nele.Lamentável que tenhamos "perdido" esse grande artista para o mundo dos negócios...

    ResponderExcluir
  13. ë incrivel a semelhança dele com o ator Murilo Rosa que atua na novela salve jorge com o personagem Elcio. Algum grau de parentesco?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho muito parecido com o ator Murilo Rosa.
      Rosa Maria - SP

      Excluir
    2. Saudades desse homem lindo emaravilhoso!

      Excluir
  14. Cresci vendo esse ator atuar em várias novelas dos anos 70/80.Resolvi pesquisar sobre ele e parei nesse blog.Bom saber que ele está bem, em outro caminho.Santo Google!

    ResponderExcluir
  15. Lembro um caso especial que este grande e de um talento extremo fez com Vera Fisher. Seu personagem conhece o de Vera Fisher na rua e ela passa a frequentar a mansão dele,que na realidade,era de sua amante e bem mais velha que ele,que ao descobrir,mata-o.Gostaria de saber,se o próprio João Paulo lembrar o nome deste Caso Especial,enviar à mim.Meu e-mail é: decioabcjf@hotmail.com
    Grato

    ResponderExcluir
  16. Naquela época convivi com ele. Era amigo de amigos meu. Muita balada juntos, principalmente onde foi o Canecão que sempre rolava umas festas ótimas.

    ResponderExcluir
  17. ely peron frongilo5 de abril de 2013 13:16

    Não sei porque hoje acordei pensando nele. Coisas da vida! Vim ver o que encontrava e por sorte tive boas notícias. A publicação acima é de minha autoria.

    ResponderExcluir
  18. ESQUECERAM DE COMENTAR A ATUAÇÃO DE JOÃO PAULO NO TEATRO, EXCELENTE ATOR AO VIVO, RECEBEU VÁRIOS PRÊMIOS, DESTACANDO-SE SUA ATUAÇÃO COMO PRINCIPAL INTERPRETE NA PEÇA DE TENESSEE WILLIAMS "GATO EM TETO DE ZINCO QUENTE", PELA QUAL RECEBEU O PRÊMIO DE ATOR REVELAÇÃO DO ANO EM SÃO PAULO, UMA PRAÇA MUITO EXIGENTE.

    ResponderExcluir
  19. amo este ator, sonhei varias vezes com ele jamais o esqueço ,tenho 53 anos e guardo com carinho o rosto dele bjs.

    ResponderExcluir
  20. Que saudade! Nostalgia mesmo! Bons tempos aqueles, boas novelas, boas estórias, atores talentosos, competentes, que honram o oficio que escolheram. Tão diferente dos dias de hoje. Parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  21. e brasil as pessoas nao sao valorizdas sao esqueçidas

    ResponderExcluir
  22. Lindo ator,carismatico, um homem realmente especial que encantou os corações femininos especialmente o meu entre tantas outras mulheres. Parabens João Paulo Adour pelo trabalho de ator

    ResponderExcluir