domingo, 6 de setembro de 2020

WILMA AGUIAR - COADJUVANTE DE OURO


Wilma Badolato, em artes Wilma Aguiar, nasceu em São Paulo, no dia 8 de Junho de 1931. Iniciou a carreira artística como locutora e  radioatriz em 1954 na Rádio Bandeirantes de São Paulo. Depois, passou para a Rádio São Paulo, atuando em radionovelas e programas de humor e ainda na Rádio Piratininga.

O início na televisão foi na TV Excésior, em 1963, atuando na primeira novela diária da emissora (2-5499 Ocupado). E na novela mais longa da emissora, Redenção, onde interpretou Dona Zilda, a parceira de fofocas de Dona Marocas (Aparecida Baxter). Na Excélsior  atuou em  11 novelas, até 1969, quando a emissora foi extinta.  

Com o fechamento da TV Excélsior, foi contratada pela TV Record, atuando em 8 telenovelas da emissora, até 1973, quando se transferiu para a TV Tupi, ficando na emissora até o seu fechamento e atuando em outras 9 telenovelas.

Entre os anos 1980 e 1981 atuou em 2 telenovelas na TV Bandeirantes e 2 telenovelas na TV Cultura.  Em 1983 foi contratada pelo SBT, onde atuou em 6 telenovelas. Também teve rápida passagem pela TV Manchete, onde atuou na novela Ana Raio e Zé Trovão,  e na TV Globo onde atuou em programas e na minissérie Memórias de Um Gigolô. Ao todo foram mais de 40 telenovelas. Seu último trabalho na televisão foi em 1999, no seriado Ô... Coitado!  no SBT.

Além da televisão, atuou em dezenas de peças de teatro, incluindo o mega sucesso Porca Miséria, que ficou anos em cartaz e também participou de alguns filmes em pequenos papéis.

Na TV Excélsior (1963 a 1969):  2-5499 Ocupado;  Folhas ao Vento; A Moça que Veio de Longe; A Outra Face de Anita; A Menina das Flores; Eu Quero Você; Ainda Resta uma Esperança; Redenção; Os Diabólicos; Legião dos Esquecidos; A Menina do Veleiro Azul

Na TV Record (1971 a 1973): Editora Mayo, Bom Dia; Pingo de Gente; Quarenta Anos Depois; O Príncipe e o Mendigo; O Tempo não Apaga; Quero Viver; Vendaval; Vidas Marcadas

Na TV Tupi (1974 a 1979): A Barba Azul; Ovelha Negra, A Viagem; Xeque Mate; Papai Coração; O Profeta; O Direito de Nascer; Dinheiro Vivo

Na TV Bandeirantes (1980): Um Homem Muito Especial; O Meu Pé de Laranja Lima

 NA TV Cultura (1982): O Resto É Silêncio;  As Cinco Panelas de Ouro

No SBT (1983 a 1984 / 1994 a 1999):  A Leoa; Acorrentada; Meus Filhos, Minha Vida; Éramos Seis;  O Olho da Terra; Por Amor e Ódio, Ô... Coitado!

Na TV Globo (1986): Memórias de um Gigolô

Na TV Manchete (1990): A História de Ana Raio e Zé Trovão

 

WILMA AGUIAR

WILMA AGUIAR

WILMA AGUIAR

WILMA AGUIAR


WILMA AGUIAR

WILMA AGUIAR

WILMA AGUIAR

WILMA AGUIAR

Wilma Aguiar com Sylvio Francisco, Carlos Zara e Meire Nogueira em evento  na TV Excélsior. 

Wilma Aguiar num programa de entrevistas da TV Excélsior

Wilma Aguiar com Aparecida Baxter na novela Redenção (TV Excélsior, 1968)

Wilma Aguiar com Aparecida Baxter na novela Redenção 

Wilma Aguiar com Aparecida Baxter na novela Redenção 

Wilma Aguiar com Aparecida Baxter na novela Redenção 

Wilma Aguiar com Geny Prado na televisão 

Wilma Aguiar com Geny Prado na televisão 

Wilma Aguiar em cena de novela

Wilma Aguiar em cena de novela

Wilma Aguiar com Tereza Sodré, Oswaldo Campozana, Lúcia Lambertini e Abrahão Farc na novela A Viagem (TV Tupi, 1975)

Wilma Aguiar com Tereza Sodré, Oswaldo Campozana, Lúcia Lambertini e Abrahão Farc na novela A Viagem 


Wilma Aguiar com Lúcia Lambertini  na novela A Viagem

Wilma Aguiar com Tereza Sodré,  Lúcia Lambertini, Abrahão Farc e Suzi Camacho na novela A Viagem 

Wilma Aguiar com Lúcia Lambertini, Carlos Alberto Riccelli, Tereza Sodré, Oswaldo Campozana e Abrahão Farc na novela A Viagem 

Wilma Aguiar com Dante Rui e Ewerton de Castro na novela Xeque Mate (TV Tupi, 1976)


Wilma Aguiar com Henricão, Helena de Paula, J. França e Walter Santos na novela Um Sol Maior (TV Tupi, 1977)


Wilma Aguiar com Carlos Augusto Strazzer e Carminha Brandão na novela O Profeta (TV Tupi, 1977/78)

Wilma Aguiar com Carminha Brandão e Suzi Camacho na novela O Profeta 

Wilma Aguiar com Carminha Brandão, Suzi Camacho e Aldo César na novela O Profeta



Wilma Aguiar e o elenco da novela o Profeta


Wilma Aguiar com Elizabeth Gasper na novela O Direito de Nascer (TV Tupi, 1978)


Wilma Aguiar (em pé ao lado de Terezinha Sodré) em evento com colegas na TV Tupi. Sentados aparecem Hebe Camargo, John Herbert e Eva Wilma.


Fotos - acervo de Orias Elias - revistas
Amiga (Bloch Editores), Contigo (Editora Abril), Sétimo Céu (Bloch Editores), Romântica (Editora Vecchi), Melodias (Editora APA), Manchete (Bloch Editores), Cartaz (Rio Gráfica e Editora SA), Intervalo (Editora Abril), Ilusão (Editora Abril), O Cruzeiro (Diários Associados), Jornais Diário de São Paulo, Folha de São Paulo, Imprensa Oficial, Blog REVISTA AMIGA & NOVELAS (Césio Gaudereto), site TV Globo, Site Canal Viva, Cedoc (TV Globo), Banco de Conteúdos Culturais (www.bcc.org.br), sites diversos da Internet, acervo pessoal de Wilma Aguiar, gentilmente disponibilizado por seu sobrinho Alexandre Badolato.


4 comentários:

  1. Boa noite, amigo. Venho aqui para fazer uma correção com relação à biografia da atriz Wilma de Aguiar. Em primeiro lugar, ela não faleceu. Ainda se encontra viva em uma casa de repouso para idosos em São Paulo-SP, mas com a saúde bastante debilitada, sendo esporádicamente visitada pelo seu único irmão homem, Danilo Badolato. Em segundo lugar, Aguiar foi um nome artístico adotado por ela na época que ingressou na televisão. Seu nome de batismo é Vilma Badolato. Todas essas informações me foram passadas pelo seu sobrinho e afilhado, Alexandre Badolato, que tem um canal no YouTube chamado @agbadolato, onde ele aborda sua coleção de automóveis antigos. Espero ter ajudado a esclarecer, e caso queira entrar em contato com o Alexandre para mais informações a respeito de sua Tia Wilma, o e-mail é abadolato@gmail.com! Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, essa informação sobre a morte da atriz consta do Wikipédia e vários outros site e foi inclusive noticiada no facebook. Obrigado pela informação.

      Excluir
    2. Infelizmente esses sites não checaram as fontes como deveriam. A Wilma está bem, mas com a saúde bastante debilitada. Vive em uma clínica no Morumbi. O próprio Alexandre só tomou conhecimento dessa falsa notícia do falecimento de sua Tia após publicar na comunidade de seu canal uma foto do Fusca 73 que foi dela. Ele me contou várias situações dela, incluindo atritos com o Marcus Caruso nos bastidores da peça Porca Miséria, mas prefiro deixar que ele mesmo conte, caso você tenha interesse em contactá-lo no e-mail que deixei no comentário anterior. Forte abraço!

      Excluir
    3. Sim, já o contactei. Ele foi super bacana e confirmou suas informações. Já atualizei a postagem. Muito obrigado pela ajuda. abs

      Excluir