sexta-feira, 28 de março de 2014

RAUL CORTEZ GENIAL, BRILHANTE E COMPLEXO

Raul Cortez nasceu Raul Christiano Machado Pinheiro de Amorim Cortez, em São Paulo aos 28 de agosto de 1932. Filho mais velho de seis irmãos, Raul Cortez estreou nos palcos em 1955, aos 22 anos de idade, após desistir da carreira de advogado. Ao todo, atuou em mais de seis dezenas de peças, algumas históricas como O Balcão, Vereda da Salvação, Pequenos Burgueses e Rasga Coração. Ao longo de cinco décadas, sua carreira foi pontuada por muitos sucessos e também alguns poucos fracassos, mas nada que o fizesse desanimar.
No cinema também marcou presença em três dezenas de filmes, incluindo clássicos como O Caso dos Irmãos Naves e Lavoura Arcaica.
Ainda que tenha estreado em novelas em 1966, na TV Excelsior, o sucesso na televisão chegou mais tarde, em 1976 após interpretar o enigmático e charmoso mordomo Sebastião na novela Xeque Mate, na TV Tupi. Na TV Globo interpretou papéis marcantes como O Miguel Fragonard de Água Viva,  o Francesco de Terra Nostra e o Geremias Berdinazzi de O Rei do Gado. Dizia que não gostava de televisão, mas que fazia porque lhe pagavam bem e ele gostava de fama e dinheiro. Justo.
O teatro era, sem dúvida, sua maior paixão. Era também considerado um ator difícil, sendo notórias suas desavenças com Tereza Rachel em O Balcão, Nuno Leal Maia em Greta Garbo, Edwin Luisi em Amadeus, Cláudio Correia e Castro em A Noite dos Campeões e Tônia Carrero em Quem Tem medo de Virgínia Woolf. Por outro lado, é considerado, por unanimidade, um dos maiores atores que já passaram pelos palcos brasileiros, tendo ganhado cinco Prêmios Moliére, vários APCA e outros tantos dentro e fora do Brasil, através de seus trabalhos no cinema e nas novelas.

Raul Cortez morreu em São Paulo no dia 18 de julho de 2006, aos 73 anos de idade, vítima de um câncer no pâncreas. Seus últimos sucessos foram Senhora do Destino (novela, TV Globo), O Outro Lado da Rua (filme) e Rei Lear (teatro).  Agora vamos viajar nas imagens de sua brilhante carreira.

Raul Cortez
Raul Cortez

Raul Cortez
Raul Cortez

Raul Cortez

Raul Cortez
Raul Cortez
Raul Cortez

Raul Cortez
Raul Cortez

Raul Cortez com Lia de Aguiar e Eva Wilma na TV Tupi

Raul Cortez com Lilian Lemmertz, Maria Izabel de Lizandra, Laerte Morrone e Ednei Giovenazzi no lançamento da novela Xeque Mate (TV Tupi, 1976)

Raul Cortez com Toni Tornado paparicando a amiga Lilian Lemmertz num intervalo de gravação da novela Tchan, a Grande Sacada (TV Tupi, 1977)

Raul Cortez com Etty Fraser surpreendido por um paparazzi num intervalo de gravação da novela Tchan, a Grande Sacada

Raul Cortez com Tony Ramos e Célia Helena na entrega do Prêmio APCA em 1982
Raul Cortez numa propaganda da Tergal nos anos 1970

Raul Cortez
Raul Cortez

Raul Cortez
Raul Cortez

Raul Cortez no programa da peça Chuva

Raul Cortez

Raul Cortez
Raul Cortez

Raul Cortez

Raul Cortez e Reginaldo Farias, quando gravavam Água Viva

Raul Cortez

Fotos - acervo de Orias Elias - revistas Amiga (Bloch Editores), Contigo (Editora Abril), Sétimo Céu (Bloch Editores), Romântica (Editora Vecchi), Melodias  (Editora APA), Manchete (Bloch Editores),  Imprensa Oficial, site TV Globo, Blog Revista Amiga e Novelas (Césio Gaudereto) 

Um comentário:

  1. grande ator, deixa saudades peloseuuimenso talento,um vazio no cinema teatro e tv,obrigado por essa postagem maravilhosa abracos amigo

    ResponderExcluir