segunda-feira, 16 de abril de 2012

ETTY FRASER - A GRANDE DAMA DO OFICINA

Quem a conhece pessoalmente não tem dúvida, quem a conhece pela TV, cinema ou teatro também. Emana de Etty Fraser uma simpatia natural. Atenciosa, fiel, profissionalíssima e batalhadora, essa grande dama do teatro é a personificação dos ingredientes que fazem a diferença entre os grandes e os pequenos mortais. 
Com José Celso Martinez Correia e Renato Borghi ela fundou o lendário Teatro Oficina e por ele lutou anos a fio, das agruras do regime militar aos incêndios e dificuldades financeiras do grupo. Foi no Oficina que ela interpretou seu maior sucesso nos palcos, a Akoulina de Os Pequenos Burgueses e onde também conheceu o ator Chico Martins, que viria a ser seu companheiro por toda vida, até a morte dele em 2003.
Na televisão ela estreou fazendo uma participação especial em Beto Rockfeller (TV Tupi, 1968). Foi quando Geraldo Vietri apaixonou-se por seu trabalho e escreveu, especialmente para ela, o seu primeiro grande sucesso na TV, a Adelaide em Nino, o Italianinho. Essa parceria rendeu ainda outros vários sucessos em novelas. Na televisão ela ainda mostrou sua simpatia e talento apresentando um programa de culinária por oito anos.   
A grandeza e generosidade de Etty Frase também pode ser comprovada pela sua batalha na ajuda aos profissionais de teatro portadores do vírus HIV. Por anos a fio ela presidiu o FACT (Fundo de Ajuda à Classe Teatral), vendendo brochinhos com as máscaras símbolo do teatro, desenhados pelo designer Jorge Brandão. Grande atriz, grande mulher, grande amiga, grande mãe. Essa é Etty Fraser, Iluminada!

Etty Fraser o sorriso simpático de uma  Grande dama do teatro 

Etty Fraser na capa do caderno de TV da revista Amiga 

Etty Fraser na capa do livro Etty Fraser - Virada Pra Lua, uma deliciosa biografia escrita com muito carinho e respeito pelo jornalista Vilmar Ledesma para a Série Perfil da Coleção Aplauso da Imprensa Oficial, em 2004

Etty Fraser posando para uma foto quando atuava em Na Idade do Lobo (TV Tupi, 1972), novela de Sérgio Jockman 
Etty Fraser como a costureira Dona Hipólita em Vitória Bonelli (TV Tupi, 1973), novela de Geraldo Vietri 

Etty Fraser em 1969  
Etty Fraser em 1970  

Etty Fraser em Nino, o Italianinho (TV Tupi, 1969), novela de Geraldo Vietri, viveu Dona Adelaide, seu primeiro grande sucesso na TV. No elenco estavam também Dirce Migliaccio, Elias Geizzer, Marcos Plonka, Tony Ramos e Lucia Mello, entre outros.
* foto do acervo pessoal da atriz, publicada na Coleção Aplauso (Imprensa Oficial)

Etty Fraser com Yoná Magalhães e Elias Gleizzer em Simplesmante Maria (TV Tupi, 1970), novela de Benjamin Cattan, baseada num original de Rosamaria Gonzales. Dona Pierina era sua personagem na história. Outro grande sucesso.
Etty Fraser com Carlos Alberto em Simplesmante Maria  

Etty Fraser com o grande elenco de Vitória Bonelli (TV Tupi, 1973), novela de Geraldo Vietri 
Etty Fraser e elenco de Vitória Bonelli  

Etty Fraser (Dona Hipólita) com Berta Zemel (Vitória) e Ana Maria Dias (Verônica) em Vitória Bonelli 

Em Vitória Bonelli Etty Fraser era Hipólita, uma viúva, que morava no piso térreo da casa onde funcionava a Cantina Bonelli, com a irmã Néia (Ruthinéia de Morais) e a filha Dora (Cláudia Melo)
Etty Fraser com Berta Zemel e Tony Ramos em Vitória Bonelli 

Etty Fraser com Berta Zemel, Tony Ramos e Carlos Alberto Riccelli em Vitória Bonelli

Outro grande momento de Etty Fraser na TV foi a Mimosa de O Machão (TV Tupi, 1973), novela de Ivani Ribeiro e Sérgio Jockman. Marcos Plonka era um de seus companheiros na história.

Etty Fraser com Elias Gleizzer, Liza Vieira e Rogério Márcico em  O Machão 
Etty Fraser em O Machão com Tereza Sodré, Maria Izabel de Lizandra, Rogério Márcico, Marcos Plonka, Roberto Bolant e  Liza Vieira. 

Etty Fraser e Henrique César em  O Machão
Etty Fraser com Felipe Levy em  O Machão

Etty Fraser em O Machão -  poster da revista Amiga
* foto gentilmente cedida por César Gauderetto (Blog Revista Amiga e Novelas) 
Etty Fraser em O Machão

Mais um papel escrito especialmente para Etty Fraser: a Tia Frida de Meu Rico Português (TV Tupi, 1975). No elenco da novela de Geraldo Vietri estavam também Elizabeth Hartman (Gertrudes), Cláudio Correia e Castro (Rudolph) e o menino Odair Toledo (Fritz). Com esse núcleo o autor homenageava a colônia alemã. Roubaram a cena!
Etty Fraser em Meu Rico Português  

Evelyn, uma matriarca austera e um tanto egoísta era a personagem de Etty Fraser em Os Apóstolos de Judas (TV Tupi, 1976), mais um sucesso de Geraldo Vietri. No elenco estavam também Marisa Sanches e Wilson Fragoso.
Etty Fraser com Kate Hansen, Paulo Figueiredo, Márcia Maria e Marisa Sanches em Os Apóstolos de Judas, a "turma do Vietri". 
Etty Fraser com Yara Marques,  Marisa Sanches e Wilson Fragoso em Os Apóstolos de Judas

Etty Fraser com Kate Hansen em Os Apóstolos de Judas

Etty Fraser em Os Apóstolos de Judas 
Etty Fraser numa cena de Os Apóstolos de Judas com Wilson Fragoso, Márcia Maria e Kate Hansen 
Etty Fraser em Os Apóstolos de Judas 

A exuberante Madame Duducha era a personagem de Etty Fraser em Tchan, A Grande Sacada (TV Tupi, 1977). Na novela de Marcos Rey ela contracenava com Raul Cortez e Elizabeth Gásper.
Etty Fraser em Tchan, A Grande Sacada 

Etty Fraser e Raul Cortez em Tchan, A Grande Sacada 
Etty Fraser repassa o texto de Tchan, A Grande Sacada com o grande Raul Cortez, seu amigo dos tempos do teatro Oficina, que era o protagonista da novela.
Etty Fraser e Raul Cortez em Tchan, A Grande Sacada

Etty Fraser  em Tchan, A Grande Sacada

Etty Fraser e Felipe Levy em Tchan, A Grande Sacada 

Etty Fraser e Eleu Salvador em Tchan, A Grande Sacada 

Etty Fraser num poster do suplemento TV Sucesso a revista  Amiga por ocasião da novela  Tchan, A Grande Sacada 
Etty Fraser e Homero Kossac em Tchan, A Grande Sacada 
Etty Fraser com Plínio Marcos e Raul Cortez em Tchan, A Grande Sacada 
Etty Fraser e Raul Cortez em Tchan, A Grande Sacada 

Renato Borghi, Lysia de Araújo, Etty Fraser, Célia Helena, Liana Duval, Fernando Peixoto e Luiz Linhares na primeira montagem de Pequenos Burgueses no Teatro Oficina em 1963. Direção de José Celso Martinez Correia
                                                 * foto de Derly Marques
Etty Fraser em Pequenos Burgueses 
 Etty Fraser, Chico Martins, Célia Helena e João José Pompeo em A Vida Impressa em Dólar no Teatro Oficina em 1966. Direção de José Celso Martinez Correia
                                                   * foto de Derly Marques
Etty Fraser e Chico Martins em A Vida Impressa em Dólar

Etty Fraser e o elenco da segunda montagem de Os Pequenos Burgueses, de Máximo Gorki, o grande sucesso do Oficina. Juçara Morais, Chico Martins, Abrahão Farc, Renato Borghi, Ítalo Rossi, Ester Góes, Carlos Alberto Riccelli, Célia Helena, Yara Amaral e Elias Andreatto. Só feras!


Etty Fraser em 1960 na peça Calúnia, de Lilian  Hellman com Margarida Rey, Tônia Carrero e Suzana Negri. Direção de Adolfo Celi
* foto do acervo pessoal da atriz, publicada na Coleção Aplauso (Imprensa Oficial)

Etty Fraser com Glória Menezes em 1961 na peça As Feiticeiras de Salém, de Artur Miller, direção de Antunes Filho.
* foto do acervo pessoal da atriz, publicada na Coleção Aplauso (Imprensa Oficial)
Etty Fraser com Renato Borghi em A Incubadeira

Etty Fraser e o ator Renato Dobal em 1967 na histórica montagem de O Rei da Vela, peça de Osvald de Andrade, com direção de José Celso Martinez Correia, no Teatro Oficina
Etty Fraser com Renato Borghi em O Rei da Vela

Etty Fraser e o elenco de Capital Federal, peça de Arthur Azevedo, direção de Flávio Rangel, Produção de Cleyde Yáconis, 1972

Um excelente comediógrafo, um diretor especialista em direção de comédias, um texto hilário e um elenco de primeira só poderia resultar um grande sucesso. Assim foi com O Dia Que Raptaram o Papa, comédia de João Bithencourt, montada em 1981, com direção de José RenatoEtty Fraser, Dionísio Azevedo e Luiz Carlos Arutim eram os protagonistas da peça que tinha ainda no elenco George Otto, Tereza Teller e Henrique César.
Etty Fraser com Dionísio Azevedo e Luiz Carlos Arutim em O Dia Que Raptaram o Papa 
Outro sucesso de Etty Fraser no teatro foi Oito Mulheres, de Robert Thomas, direção de Kiko Jaess, no Teatro Hilton - SP. No elenco estavam também Célia Biar, Carmem Silva, Liana Duval, Wanda Stefânia, Andréa Leão, Solange Couto e Myriam Pérsia

Cartaz da peça Oito Mulheres

Família Muda-se, texto e direção Odilon Wagner trouxe Etty Fraser de volta ao palco em 2006 
Etty Fraser com Bárbar Paz na peça  A Importância de Ser Fiel, de Oscar Wilde, direção de Eduardo Tolentino


Etty Fraser com John Herbert no filme  Em Cada Coração Um Punhal (1969), episódio Transplante de Mãe, direção de Sebastião de Souza
Etty Fraser
Etty Fraser com Dina Sfat e Flávio Galvão no filme O Homem do pau Brasil

Etty Fraser com Chico Martins e Elaine Cristina no filme Senhora (1976), direção de Geraldo Viétri, adpatado da obra de José de Alencar
Cartaz do delicioso filme Durval Discos (2002), direção de Ana Mulayert 

Etty Fraser e Ary França numa cena do filme Durval Discos. Fantásticos! 
* foto postada no site Adoro Cinema
Etty Fraser no filme Ifigênia dá Tudo Que Tem.  Ricardo Petraglia, Teobaldo e Cinira Arruda também estavam no elenco
Etty Fraser com Ricardo Petraglia no filme Ifigênia dá Tudo Que Tem  
Etty Fraser com Ricardo Petraglia no filme Ifigênia dá Tudo Que Tem

Etty Fraser com Mário Benvenutti no filme O Super Manso 
Etty Fraser com Vera Fischer no filme Dora Doralina

Etty Fraser
Etty Fraser e o marido Chico Martins

Etty Fraser e Chico Martins 
Etty Fraser em família
Etty Fraser

Etty Fraser

Etty Fraser
Etty Fraser
Etty Fraser e seus amores, o marido e o filho  
Capa do programa de Pequenos Burgueses (1962) 
Etty Fraser em Pequenos Burgueses 

Programa de Pequenos Burgueses - elenco

Etty Fraser e o elenco da peça A Vida Impressa em Dólar 
Etty Fraser com Paulo Autran e Fábio D´Ayrosa no teleteatro Um Pássaro no Meu Ombro (TV Cultura, 1972)
Etty Fraser nos 26 anos da TV Tupi 
Etty Fraser
Etty Fraser
Etty Fraser com Renato Consorte num comercial de TV

Etty Fraser com Renato Consorte

Etty Fraser com Renato Consorte

Etty Fraser 

Etty Fraser 

Etty Fraser 

Etty Fraser 

Etty Fraser 


fotos: acervo de Orias Elias - revistas amiga (Bloch Editores), contigo (Editora Abril), cartaz (Rio Gráfica e Editora SA), romântica (Editora Vecchi), Melodias (Editora Apa), Intervalo (Editora Abril)

3 comentários:

  1. Heróis sem quadrinhos

    Em suas páginas agimos como meninos
    Abrindo a grande cortina de recordações
    Para viver cenas em preto e branco.

    Das tiras de jornais
    Mocinhos e bandidos
    Tornaram-se heróis e vilões.
    Como éramos felizes
    E não sabíamos!
    Como é triste hoje enxergamos
    O vazio do amanhã!

    Aí vem o Roy Rogers galopando,
    Buck Jones e Tom Mix ali acenam
    Final feliz ou incógnito?
    A resposta ficou nas lágrimas
    De uma donzela.

    Nossos heróis se foram
    Deixando-nos apenas saudade.
    Levaram consigo a certeza
    De que homens nos tornaríamos.

    Crescemos num mundo concreto
    Real, carnívoro, traiçoeiro,
    Mísero de valores culturais
    Abastado de líderes sem valores.

    Os heróis de ontem não têm mais quadrinhos,
    Nem espaço nas recordações,
    Mas enquanto existir a criança de ontem
    Continuarão aventurando-se em nossos corações.
    ---------------------------------
    *Agamenon Troyan, poeta mineiro é autor do livro (O Anjo e a Tempestade)

    ResponderExcluir