sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

NYDIA LICIA GRANDE DAMA DO TEATRO

Nydia Licia Pincherle Cardoso nasceu em Trieste, Itália, no dia 30 de abril de 1926.  Nascida numa família judaica, que se estabeleceu no Brasil quando Nydia tinha 13 anos.

Nydia Licia foi essencialmente uma atriz de teatro, tendo atuado nas produções do Teatro Brasileiro de Comédia (TBC),  ao lado de nomes como Cacilda Becker, Cleyde Yáconis, Walmor Chagas, Tito Fleury, Franco Zampari , Adolfo Celi e Sérgio Cardoso, com quem se casou e teve sua única filha, Silvia. Juntos fundaram a Companhia de Teatro Nydia Licia-Sérgio Cardoso e fundaram o Teatro Bela Vista. Quando se separaram,  Nydia ficou sozinha com a companhia, transformando-se em uma grande empresária teatral. Nessa fase, criou o Teatro Nydia Licia, no Bairro Vila Mariana, dedicando-se à produção de espetáculos infantis.

Na televisão, notabilizou-se ao criar o departamento de teleteatro da TV Cultura, o Teatro 2, produzindo grandes obras. Também atuou em algumas telenovelas, entre elas O Ébrio (TV Paulista, 1965),  Éramos Seis (TV Tupi, 1977) e O Ninho da Serpente (TV Bandeirantes, 1982).

Além de atriz, diretora, produtora e empresária, se destacou como pedagoga, como professora no Departamento de Rádio e Televisão da Escola de Comunicação da Fundação Armando Álvares Penteado - FAAP, e no Teatro Escola Célia Helena, onde dava aulas de interpretação.
Para a série de livros Aplauso, a atriz escreveu  Leonardo Villar: Garra e Paixão;  Sérgio Cardoso: Imagens de Sua Arte;  Rubens de Falco - Um Internacional Ator Brasileiro; Raul Cortez - sem medo de se expor e Eu vivi o TBC. Também escreveu o livro autobiográfico Ninguém se Livra dos Seus Fantasmas (Editora  Perspectiva).

Sua inestimável contribuição para o teatro brasileiro foi reconhecida em 2008 quando foi agraciada com o título de “Cidadã Paulistana” e em 2010 recebeu o prêmio “Governador do Estado” de Destaque Cultural.


Nydia  Licia morreu em São Paulo, no dia 12 de dezembro de 2015, aos 89 anos vítima de câncer.  Aqui um pouco de seus inúmeros trabalhos. 


Nydia Licia

Nydia Licia

Nydia Licia

Nydia Licia

Nydia Licia

Nydia Licia

Nydia Licia


Nydia Licia

Nydia Licia

Nydia Licia

Nydia Licia

Nydia Licia

Nydia Licia

Nydia Licia

Nydia Licia

Nydia Licia e Sérgio Cardoso

Nydia Licia na peça Anjo de Pedra

Nydia Licia na peça À Margem da Vida

Nydia Licia com Sérgio Cardoso e Cacilda Becker na peça Entre Quatro Paredes

Nydia Licia com Sérgio Cardoso na peça Hamlet

Nydia Licia  na peça Chá e Simpatia

Nydia Licia com Sérgio Cardoso na peça A Raposa e As Uvas

Nydia Licia com Sérgio Cardoso e Wanda Kosmo na peça A Raposa e As Uvas

Nydia Licia com Abílio Pereira de Almeida

Nydia Licia 

Nydia Licia  na peça Chá e Simpatia

Nydia Licia com na peça Réquiem para Uma Negra

Nydia Licia 

Nydia Licia 
Nydia Licia na novela O Ébrio (TV Globo-SP, 1965)

Nydia Licia com Rolando Boldrin no teleteatro A Carta (TV Cultura)

Nydia Licia com Procópio Ferreira no filme Quem matou Anabela?

Nydia Licia com Procópio Ferreira no filme Quem matou Anabela?

O figurino de Nydia Licia na peça Hedda Gabler

Nydia Licia 

Fotos - acervo de Orias Elias - revistas Amiga (Bloch Editores), Contigo (Editora Abril), Sétimo Céu (Bloch Editores), Ilusão (Editora Abril), Romântica (Editora Vecchi), Melodias  (Editora APA), Manchete (Bloch Editores), Cartaz (Rio Gráfica e Editora SA), Intervalo (Editora Abril), O Cruzeiro, Jornais Diário de São Paulo, Folha de São Paulo, Imprensa Oficial, Blog TUDO ISSO É TV (Césio Gaudereto), site TV Globo, Site Canal Viva, Cedoc (TV Globo), site Banco de Conteudos Culturais (www.bcc.org.br), sites diversos da Internet



2 comentários:

  1. Se quiser posso conseguir uma foto de meu pai Paulo V. Barretto com Sergio Cardoso e Nydia Licia na peça de teatro A Raposa e as Uvas, desde que você mencione seu nome no artigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro Paulo, sempre que tenho a identificação do ator eu menciono na foto. Só não menciono quando eu realmente não sei. abs

      Excluir