quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Cleyde Yáconis - Uma Grande Dama do Teatro

Cleyde Yáconis começou no teatro numa situação de emergência, fazendo uma substituição da atriz Nydia Lícia na peça Anjo de Pedra de Tennesee Williams, em 1950, nos áureos tempos do TBC (Teatro Brasileiro de Comédia) que tinha como primeira atriz, sua irmã, a legendária  Cacilda Becker.  Não parou nunca mais, tornando-se uma das mais importantes e prestigiadas atrizes brasileiras de todos os tempos. São mais de seis décadas de grandes interpretações no teatro, no cinema e na televisão. Sem jamais se arvorar em super star, sempre levou uma vida discreta e elegante. Dona de um talento extraordinário e premiadíssima em todos os veículos em que atuou, há alguns anos Cleyde Yáconis passou a ser nome de um belíssimo teatro em São Paulo, uma justa homenagem para essa grande dama do teatro, planejada pelo produtor Roberto Monteiro e a diretoria da Cosipa.

poster publicado na revista Contigo, quando estrelava a novela Ovelha Negra de Walter Negrão (TV Tupi, 1975)
poster publicado na revista Amiga, quando protagonizava a novela Os Inocentes de Ivaní Ribeiro (TV Tupi, 1974)
poster publicado na revista Contigo, quando atuava na novela Mulheres de Areia de Ivani Ribeiro (TV Tupi, 1973)
poster publicado na revista Contigo, quando atuava na novela Um Dia, o Amor de Teixeira Filho (TV Tupi, 1975)
poster publicado na revista Contigo, quando atuava na novela O Julgamento de Carlos Queiroz Telles e Renata Pallotini (TV Tupi, 1977)
poster publicado na revista Contigo, quando atuava na novela Aritana de Ivani Ribeiro (TV Tupi, 1978)
Cleyde Yáconis em Ovelha Negra - poster publicado na revista Contigo
Cleyde Yáconis em Aritana- poster publicado na  revista Contigo
Cleyde Yáconis em Aritana 
Cleyde Yáconis em Mulheres de Areia - poster publicado na  revista Contigo
Cleyde Yáconis com Rolando Boldrin em Os Inocentes - poster publicado na  revista Contigo
Cleyde Yáconis com Jussara Freire e Ana Rosa em Os Inocentes - foto publicada na revista Sétimo Céu
Cleyde Yáconis e Ana Rosa em Os Inocentes - foto de capa da revista Amiga
Cleyde Yáconis em O Julgamento - Capa do encarte Amigão, integrante da revista Amiga
Cleyde Yáconis (entre Cláudio Correia e Castro e Eva Wilma) e o grande elenco de  Mulheres de Areia - foto da revista Manchete
Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis
Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis nasceu em Pirassununga, cidade do interior paulista e sempre valorizou a vida rural. Sua paixão são suas árvores frutíferas, suas flores e seus animais.
Cleyde Yáconis
Cleyde Yáconis em 1970

Cleyde Yáconis
Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis
Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis
Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis - Biografia escrita pelo jornalista Vilmar Ledesma para a Imprensa Oficial do estado de São Paulo 

Cleyde Yáconis
Cleyde Yáconis 
Cleyde Yáconis
Cleyde Yáconis 
Cleyde Yáconis 

Cleyde Yáconis 
Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis
Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis com Cacilda Becker e Fredi Kleeman
Cleyde Yáconis com Fredi Kleeman e Millor Fernandes

Cleyde Yáconis com Jorge Dória

Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis
Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis
Cleyde Yáconis
Cleyde Yáconis com Sônia Oiticica no lançamento da novela Gaivotas

Cleyde Yáconis sempre foi uma cidadã atuante. Nesta foto ela aparece com Rolando Boldrin num bazar beneficente.
Cleyde Yáconis
Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis
Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis
Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis

Cleyde Yáconis
Cleyde Yáconis  
Cleyde Yáconis - álbum da revista Romântica  


Fotos - acervo de Orias Elias - revistas Amiga (Bloch Editores), Contigo (Editora Abril), Sétimo Céu (Bloch Editores), Romântica (Editora Vecchi), Melodias  (Editora APA), Manchete (Bloch Editores), Cartaz (Rio Gráfica e Editora SA), Intervalo (Editora Abril), O Cruzeiro, Jornais Diário de São Paulo, Folha de São Paulo, Imprensa Oficial, site TV Globo, site Funarte

16 comentários:

  1. Além de uma mulher extremamente bonita, sempre foi muito talentosa. Sou de Belo Horizonte, e minha maior vontade é um dia assistir a Cleide no teatro. Muita saúde, Cleide Uáconis!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acompanhei a carreira desta maravilhosa atriz desde a Rede Tupi. Ela além de mto bonita, é extremamente talentosa. Sou tb de B.Hte, e fiquei muito triste qdo soube que a Cleide esteve aqui com Caminhos para Meca, e eu não assistí. Também tenho muita vontade de vê-la atuando!!!

      Excluir
    2. ela era mto talentosa sim, Mas era MUITO FEIA

      Excluir
  2. Li Furia Santa, biografia de sua irmã e acabei ficando amiga de Cleyde.
    Quando faz aniversário mando-lhe uma carta. Ela mora em Jordánesia , Cajamar. Muito simpática ela.

    ResponderExcluir
  3. Cleyde Yaconis quantos sucessos na Tv Tupi,Os Inocentes(1974),Ovelha Negra(1975),Um dia o Amor(1976),Aritana(1978),na BAND Ninho da Serpente(1982),Campeão(1983),Um Homen Muito Especial(1981)entre outros tantos trabalhos lindos. Adoro ela !!!!!!!!DEUS a ilumine Sempre!!Hoje nossa querida atriz esta com seus 87 anos em plena saúde
    mora numa chácara no interior paulista!!Seu último trabalho foi na Globo em 2011

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você. Cleyde Yáconis é magnífica.
      abs
      orias

      Excluir
  4. Comentar sobre esta maravilhosa atriz, é praticamente impossível!!! Minha única definição: "Maioral do teatro e tv brasileira!!!" Cleyde, você é e será exemplo para muitas e muitas gerações de atores. Obrigado por você existir!!! Muita saúde, e não fique longe da telinha, pois nos dá muitas saudades!!!!

    ResponderExcluir
  5. Concordo com o comentário acima! É uma atriz mto talentosa, que preenche a TV brasileira. Muita saude, Cleide Yáconis, Deus a proteja!!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. Cleide Yáconis, sempre em seu talentoso trajeto, interpretou com muita perfeição todos os personagens a ela atribuídos. É uma atriz que não pode ficar fora da mídia, pois em cada personagem que ela interpreta, ela dá vida ao mesmo! Isto ocorre, desde a época da TV Tupi! Naquela época, creio eu, que todos que acompanhavam as novelas da emissora, lembram-se claramente dos Inocentes, da qual a mesma protagonizou brilhantemente a vilã Juliana,e, na cidade de Roseiral, foco da personagem na época, a Juliana vivia na fazenda com seus filhos, voltou a cidade muitos anos depois, atras de vingança. A maioria das pessoas a chamava de "majestade"! Quantas saudades desta época, onde se viam novelas maravilhosas, e atores talentozissimos, assim como Cleyde Yáconis!

    ResponderExcluir
  7. Comentário sensacional do Sr. Rafael! Sou fã nº 1 desta maravilhosa atriz, gostaria muito, quem soubesse me dizer onde ela vive atualmente e o seu contato, postasse no blog, pois acompanho-a muito mais de 30 anos, e gostaria imensamente de entrar em contato com esta magnífica atriz. Peço a quem souber (telefone, e-mail, endereço), por gentileza, postem no blog. Desde já, agradeço a todos!

    ResponderExcluir
  8. Desde minha infância/adolecencia, que acompanhei o trabalho na TV desta maravilhosa atriz! Infelismente não pude ver atuando no teatro, pois quando esteve aqui em Belo Horizonte, com Caminhos para Meca, perdi a oportunidade! Cleide Yaconis, no meu contexto, não morreu! Jamais morrerá, pois quem contribuiu para a cultura deste país da forma que esta divina atriz contribuiu, jamais morre! Viva, ela continuará sempre em nossas lembranças! Insubstituível, com certeza! Fazendo a alegria de muitos, lá no andar superior, com o seu talento, a sua cultura, também com certeza! Portanto, Cleide Yaconis (imortalizada como Juliana dos Inocentes-TV Tupi), você em minha lembrança, sempre estará muito viva! Fica somente, muitas saudades!

    ResponderExcluir
  9. É isso aí Rafael. Ela estará sempre em nossa lembrança e acredito, na lembrança de muita gente que admirava, sem restrições, o seu imenso talento.
    abs
    Orias

    ResponderExcluir
  10. Orias, você nem imagina como lamento a perda material desta maravilhosa atriz! Cleide Yáconis, quando protagonizou Os Inocentes na TV-Tupi, eu era adolescente e ficava encantado com a atuação dela na TV! A partir daí, fui vendo o que realmente era a figura desta maravilhosa atriz, dentro do nosso contexto cultural! Simplesmente uma atriz, que encorporava qualquer personagem,e, todos os seus personagens, ela interpretou com um brilhantismo tão grande, que, sinceramente meu amigo, quando chega a noite, não sinto vontade de ligar minha TV a procura de novelas, pois infelizmente, quanta porcaria! Prova maior disto, foi sua ultima atuação em Passione, já com idade avançada, e também com o acidente sofrido durante o percurso da novela, que, mesmo assim não a deixou fora! Meu amigo, realmente, igual mencionamos, apesar dela continuar viva em nossas lembranças, fica a saudade! Saudade de quem deu exemplo à cultura e, foi com toda certeza, extremamente brilhante!
    Forte abraço Orias. Meu e-mail, caso queira contactar: rrju@ibest.com.br

    ResponderExcluir
  11. Concordo com você Rafael. Além das novelas na TV eu tive o privilégio de assistir vários trabalhos dela no teatro nos últimos 30 anos e uma vez eu conversei pessoalmente com ela quando ela atuava na peça A Amante no Teatro Itália, aqui em São Paulo, pois estava com um amigo que havia trabalhado numa turnê com ela e o Adriano Reys. Muito educada, mas de pouca conversa.
    Mas é assim mesmo. A nossa finitude é um fato concreto.
    abs - orias

    ResponderExcluir