sábado, 14 de janeiro de 2012

Sandra Bréa nas Novelas

Sandra Bréa teve seu primeiro grande sucesso na televisão em O Bem Amado, novela de Dias Gomes (TV Globo, 1973). Ela era a Telma Paraguaçú, filha rebelde de Odorico (Paulo Gracindo), o prefeito da cidade, que para desgosto do pai se envolveu amorosamente com o amargurado Dr. Juarez (Jardel Filho), inimigo de Odorico.
*Antes dessa novela, Sandra Bréa havia participado de Assim Na Terra Como no Céu, no papel de Babi (informação bem lembrada pelo Antonio Figueira, seguidor desse blog) 
Sandra Bréa com Paulo Gracindo em O Bem Amado, a primeira novela em cores da TV Globo. Um grande sucesso.
Sandra Bréa e Jardel Filho em O Bem Amado 
Sandra Bréa com Jardel Filho e João Paulo Adour em O Bem Amado
Sandra Bréa com Carlos Eduardo Dolabella e Dilma Lóes em O Bem Amado 

Sandra Bréa com Paulo Gracindo em O Bem Amado 
Sandra Bréa e Carlos Eduardo Dolabella em O Bem Amado

Sandra Bréa e Carlos Eduardo Dolabella em O Bem Amado 

Sandra Bréa com Carlos Eduardo Dolabella e Dilma Lóes, seus parceiros em O Bem Amado 
Sandra Bréa e Jardel Filho em O Bem Amado  
Sandra Bréa e Jardel Filho em O Bem Amado

Em O Bem Amado Sandra Bréa era Telma, filha de Odorico (Paulo Gracindo) e irmã de Cecéu (João Paulo Adour) 
O Bem Amado se passava em Sucupira, uma  fictícia cidade do litoral baiano. Sandra Bréa (Telma Paraguaçú) e Carlos Eduardo Dolabella (Neco Pedreira) eram dois dos destaques da novela.
Sandra Bréa com Paulo Gracindo em O Bem Amado  

Sandra Bréa com Dolabella em O Bem Amado  

Sandra Bréa  em O Bem Amado
Sandra Bréa e Jardel Filho em O Bem Amado


Sandra Bréa e Jardel Filho em O Bem Amado. Na vida real o ator foi casado, durande algum tempo, com a mãe da atriz
Sandra Bréa e Jardel Filho em O Bem Amado
Sandra Bréa e Rogério Fróes numa cena de O Bem Amado 
Sandra Bréa e Jardel Filho em O Bem Amado 
Sandra Bréa com Paulo Gracindo em O Bem Amado 

Sandra Bréa e Jardel Filho em O Bem Amado

Sandra Bréa e Jardel Filho em O Bem Amado

Sandra Bréa com Jardel Filho e Paulo Gracindo em O Bem Amado 
Sandra Bréa e Jardel Filho em O Bem Amado

A exuberância de Telma Paraguaçú em O Bem Amado colaborou para elevar Sandra Bréa ao posto de símbolo sexual dos anos 70
Sandra Bréa em O Bem Amado  
Sandra Bréa 
Os Ossos do Barão, novela de Jorge Andrade (TV Globo, 1973) veio em seguida a O Bem Amado. Sandra Bréa deixava as praias baianas para viver Zilda, uma paulista quatrocentona, bisneta de barão, que desafia a família ao se envolver com um rapaz pobre e mestiço (Gracindo Jr.)
Em Os Ossos do Barão  Zilda (Sandra Bréa) era irmã de Lourdes (Renata Sorrah) e prima de Isabel (Dina Sfat), as bisnetas de uma famíla paulista de quatrocentões falidos.
Sandra Bréa com Gracindo Jr. em Os Ossos do Barão 

Do horário das dez Sandra Bréa foi deslocada para o horário das sete em A Corrida do Ouro, novela de Gilberto Braga e Lauro César Muniz (TV Globo, 1974). Na história ela era Isadora, uma moça alegre que sonhava ser atriz, mas que para receber uma polpuda herança deveria abandonar o seu sonho. Renata Sorrah, Célia Biar, Maria Luiza Castelli e Aracy Balabanian também estavam no elenco.
Sandra Bréa com Aracy Balabanian e Leila Cravo em A Corrida do Ouro 
Sandra Bréa (Isadora) e Aracy Balabanian (Teresa)  em A Corrida do Ouro 
Sandra Bréa com Aracy Balabanian e Leila Cravo em Corrida do Ouro

Sandra Bréa, Osvaldo Loureiro, Maria Luiza Castelli, Aracy Balabanian, Zilca Salaberry e Célia Biar numa cena de A Corrida do Ouro
Sandra Bréa e José Wilker em A Corrida do Ouro 
Sandra Bréa com José Wilker em A Corrida do Ouro

Sandra Bréa e José Wilker em A Corrida do Ouro 
Sandra Bréa com Leila Cravo em A Corrida do Ouro

Sandra Bréa com Flávio Migliaccio e José Wilker em A Corrida do Ouro
A Corrida do Ouro

A Corrida do Ouro

Sandra Bréa com Nívea Maria, Renata Sorrah, Yoná Magalhães, Célia Biar, Maria Luiza Castelli e Aracy Balabanian em A Corrida do Ouro
Sandra Bréa, Talita Miranda, Osvaldo Loureiro, José Augusto Branco e Nívea Maria em Corrida do Ouro

Sandra Bréa em A Corrida do Ouro 
Sandra Bréa com Zilka Salaberry em A Corrida do Ouro 


Escalada, novela de Lauro César Muniz (TV Globo, 1975) marcou a ida de Sandra Bréa para o horário das oito. Na novela era filha de um poderoso político que se envolve com Antônio Dias (Tarcísio Meira), um homem casado.
Sandra Bréa e Tarcísio Meira em  Escalada 
Sandra Bréa com Vera Gimenez em  Escalada  
Sandra Bréa e Tarcísio Meira em  Escalada 
Sandra Bréa com Vera Gimenez e Ney Latorraca em  Escalada 

Em O Pulo do Gato, novela de Braulio Pedroso (TV Globo, 1978), Sandra Bréa atuou com Mario Gomes 
Sandra Bréa e Mário Gomes em O Pulo do Gato
Sandra Bréa e Mário Gomes em O Pulo do Gato

Sandra Bréa e Pedro Paulo Rangel em O Pulo do Gato 
Sandra Bréa e Mário Gomes em O Pulo do Gato 
Sandra Bréa e Jorge Dória em O Pulo do Gato     
Sandra Bréa 

Memórias de Amor, novela de Wilson Aguiar Filho (TV Globo, 1979) era uma adaptação do romance O Atheneu de Raul Pompéia. Sandra Bréa interpretou Lívia, ao lado de José Augusto Branco.
Em Memórias de Amor, Livia (Sandra Bréa) é separada de seu grande amor Jorge (Eduardo Tornaghi) pelo pai do moço, Aristarco (Jardel Filho)

Sandra Bréa e Eduardo Tornaghi em Memórias de Amor 
Sandra Bréa e Eduardo Tornaghi em Memórias de Amor 

Sandra Bréa e Eduardo Tornaghi em Memórias de Amor 
Sandra Bréa com Eduardo Tornaghi e Eva Todor em Memórias de Amor

Sandra Bréa em Memórias de Amor
Sandra Bréa e José Augusto Branco em Memórias de Amor
Sandra Bréa em Memórias de Amor

Outro sucesso de Sandra Bréa foi Elas por Elas, novela de Cassiano Gabus Mendes (TV Globo, 1982). Era a história de sete amigas de colégio que se encontravam 20 anos depois. Na foto aparecem Joana Fomm, Aracy Balabanian, Maria Helena Dias, Ester Góes, Sandra Bréa e Mila Moreira. A sétima amiga era Eva Wilma.

Em Elas por Elas Sandra Bréa fez para romântico com Herson Capri 
Sandra Bréa com Luis Gustavo eElas por Elas  
Sandra Bréa, Felipe Carone, Ana Ariel e Luis Gustavo eElas por Elas 

Sandra Bréa na novela Bambolê (TV Globo, 1987)
Sandra Bréa com Suzana Vieira em Bambolê
Sandra Bréa na novela Bambolê
Sandra Bréa e Carlos Vereza na novela Pacto de Sangue (TV Globo, 1989) 
Sandra Bréa com Ricardo Petráglia em Pacto de Sangue

Sandra Bréa e Raul Cortez em Sabor de Mel (TV Bandeirantes), novela de Jorge Andrade 
Sandra Bréa com Raul Cortez e Roberto Orosco em Sabor de Mel



fotos: acervo de Orias Elias - revistas Amiga (Bloch Editores), Contigo (Editora Abril), Sétimo Céu (Bloch Editores), Romântica (Editora Vecchi), Melodias  (Editora APA)

5 comentários:

  1. Faltou Sandra Bréa em "Assim na terra como no Céu"... fazia o papel de Babi

    ResponderExcluir
  2. Faltou Sandra Bréa em "Assim na terra como no Céu"... fazia o papel de Babi

    ResponderExcluir
  3. Faltou Sandra Bréa em "Assim na terra como no Céu"... fazia o papel de Babi

    ResponderExcluir
  4. Tbém faltou a novela Ti Ti Ti de 1985, onde ela interpretava a Jaqueline.

    ResponderExcluir
  5. A mulher mais bonita que eu já vi.O seu único problema é que as vezes (por problemas com álcool e drogas) a atriz emagrecia muito.

    ResponderExcluir