terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Francisco Cuoco em Pecado Capital

Francisco Cuoco em Pecado Capital


A probição de Roque Santeiro, em que viveria o papel título, pela censura, levou Francisco Cuoco para Pecado Capital (TV Globo, 1975), novela de Janete Clair, onde interpretou Carlão, um motorista de taxi que "herda" uma mala de dinheiro deixada em seu carro por um assaltante, morto em um tiroteio com a polícia. A princípio ele pretendia entregar o dinheiro à polícia, mas uma grave doença do pai acabou fazendo-o mudar de idéia e ele fez um primeiro empréstimo à maleta. A partir daí sua vida seria mergulhada num turbilhão de novos acontecimentos. Betty Faria interpretou Lucinha, a noiva de Carlão no início da novela. Enquanto Pecado Capital não ficava pronta, a TV Globo reprisou um compacto de Selva de Pedra, antigo sucesso de Francisco Cuoco, mantendo assim a audiência no horário.
Francisco Cuoco e Betty Faria em Pecado Capital 

Em Pecado Capítal Francisco Cuoco contracenou com Rosamaria Murtinho, que na novela interpretou Eunice, amante do assaltante e única pessoa capaz de identificar o motorista do taxi onde a maleta com o dinheiro foi deixada, pois estava com ele no veículo.

No cipoal de tramas criadas por Janete Clair em Pecado Capital, Carlão (Cuoco) acaba se envolvendo e se casando com Eunice (Rosamaria Murtinho)

Carlão (Cuoco) era um homem pobre, do subúrbio do Meier no Rio, enquanto Eunice (Rosamaria Murtinho) era de classe média alta da zona sul. O apoio dele ao filho dela (Fábio Máximo) enquanto ela estava na cadeia os aproximou. 

Francisco Cuoco e Rosamaria Murtinho no dia do casamento em Pecado Capital
Francisco Cuoco e Rosamaria Murtinho em Pecado Capital 

Com o dinheiro encontrado em seu taxi, Carlão  (Cuoco) compra uma frota de carros e monta um escritório. Para sua secretária ele contrata uma moça que nem sabia datilografia, mas era gostosona. Lady Francisco viveu a personagem, que acaba se apaixonando pelo patrão.
Francisco Cuoco em Pecado Capital 

Francisco Cuoco e Rosamaria Murtinho 

Francisco Cuoco e Lady Francisco
Francisco Cuoco em Pecado Capital

Francisco Cuoco e Betty Faria em Pecado Capital
Francisco Cuoco e Betty Faria em Pecado Capital 
Francisco Cuoco e Rosamaria Murtinho 

Francisco Cuoco  em Pecado Capital 
Francisco Cuoco com Ilva Niño e Germano Filho em Pecado Capital

Francisco Cuoco e Betty Faria em Pecado Capital 
Francisco Cuoco com Betty Faria, Waldir Vieira e Leina Krespi em Pecado Capital

Francisco Cuoco e Rosamaria Murtinho em Pecado Capital
Francisco Cuoco e Rosamaria Murtinho em Pecado Capital

Cena final de Pecado Capital: Carlão morre baleado, abraçado à mala de dinheiro que mudou o seu destino. Janete Clair já havia matado antes um dos protagonistas de Irmãos Coragem, mas ninguém esperava esse desfecho em Pecado Capital. Janete Clair era, defitivamente, uma novelista que sabia mexer com a emoção do público.
Anos depois, a TV Globo regravou um remake da novela para o horário das 18 horas. Não obstante a adaptação ter sido feita pela grande Glória Perez, não teve o mesmo impacto. Na nova versão Francisco Cuoco viveu o patriarca Salviano Lisboa, brilhantemente interpretado na primeira versão por Lima Duarte. Foi também a primeira vez que Cuoco se desgostou com uma companheira de elenco. A atriz Carolina Ferraz não foi uma companheira à altura do grande Francisco Cuoco. Uma pena!
Cena final de Pecado Capital


fotos: acervo de Orias Elias - revistas Amiga, Contigo, Sétimo Céu

Um comentário: